Fechar
Buscar no Site

Temer adota ‘solução Bolsonaro’ e assume grande risco com intervenção

Ao decretar a intervenção militar na Segurança Pública do Rio, o presidente Michel Temer adotou a “solução Bolsonaro” para o problema:  a militarização do setor.  Solução?

No curto prazo, como se viu em outras intervenções pontuais, é até provável que se obtenha algum tipo de diminuição da explosão caótica da violência no Estado.

Mas os custos e consequências da decisão, em termos do funcionamento das instituições e da democracia, podem se revelar altos e danosos. Outros Estados vivem situação semelhante. Teremos uma ampliação da intervenção militar em plano nacional?

O Exército não é uma força treinada para assumir esse tipo de tarefa. O uso de uma Guarda Nacional seria menos inapropriado, mas ainda assim problemático. A transferência do comando e das operações para  as Forças Armadas, como disse o presidente da Câmara, o carioca Rodrigo Maia, é “um salto triplo sem rede” –e “não dá para errar”.

A necessária reformulação das polícias e o combate mais eficaz à criminalidade não vão acontecer de maneira satisfatória  “manu militari”.

A intervenção não é apenas fruto da falência financeira do Rio, mas da fraqueza do atual governo e dos erros persistentes da política de segurança que vem sendo praticada no Brasil nas últimas décadas.

Os problemas exigem reformulações estruturais e duradouras. O atalho da militarização é extremamente perigoso, expõe as Forças Armadas a enormes riscos e pode aumentar as insatisfações que já se manifestam entre militares.

POST SCRIPTUM

Acrescentando ao post acima:

É a típica situação brasileira que sabemos como começa e não temos ideia de como termina.

Embora possa não ser “a” proposta a ser adotada (há visões divergentes sobre o assunto e a legalização da maconha e/ou drogas é sempre polêmica), essa entrevista que fiz com Luiz Eduardo Soares na estreia do Blog dá uma ideia da complexidade da coisa e da necessidade de se pensar a longo prazo. Uma ação imediata mais drástica pode até ser necessária, mas desde que se saiba muito bem para onde vamos caminhar. Sabemos?

Folha de SP

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Temer adota ‘solução Bolsonaro’ e assume grande risco com intervenção”

  1. pedro disse:

    o grande drama do Brasil ,desde o seu descobrimento, os governantes, os políticos, a elite dominante só pensam em ROUBAR, ROUBAR, ROUBAR—esquecendo as necessidades básicas de milhões e milhões de brasileiros que vivem em favelas em condições subumana -no caso do RIO com a opção de vender drogas para sobreviver – agora essa massa DOS ESQUECIDOS revoltaram e atacam, saqueiam , querem celular, roupas de grife, dirigir carros por algumas horas, etc. agora são milhões de pessoas, milhões DE ESQUECIDOS – A VIOLÊNCIA É A LEI DO RETORNO —entra ano , sai ano —passa os séculos e a politica no BRASIL continua a mesma —-GOVERNANTES E ELITE SÓ PENSAM EM ROUBAR, ROUBAR, ROUBAR–um juiz que ganha 70 —100 mil por mês não é um ROUBO DAS RIQUEZAS DO BRASIL ???????? no BRASIL existe o ROUBO ACOBERTADO POR MILHARES DE LEI E EXISTE O ROUBO DA CORRUPÇÃO E O ROUBO-ROUBO -a violência urbana é o resultado de todo o descaso —

  2. caçador de Corruptos disse:

    Pedro: Ninguém daria uma resposta tão cretina quanto a tua. É claro que tu foste na direção do que escreveu o titular deste blog, sempre com a retórica de que o crime é resultado da “massa DOS ESQUECIDOS revoltaram e atacam, saqueiam , querem celular, roupas de grife, dirigir carros por algumas horas, etc. agora são milhões de pessoas”! Mentira , criminoso não tem nada de coitado, essa é a lenga , lenga da Esquerda para justificar as suas ações criminosas no acolhimento do crime e dos criminosos. Pela sua maneira de escrever , notei que você é semi-analfabeto e por ter essa condição intelectual é incapaz de formular uma análise sobre esses eventos.Quando tu afirma que os governantes e elite só pensam em roubar e roubar, tu incluiria o nosso governante? É claro que me declaro avesso ao governador do maranhão por questões de ordem político ideológico,mas desconheço que este cidadão esteja incluso entre pessoas que rouba ou que permite que alguém roube. Quanto alguém ganhar um juiz que ganhar R$ 70 —100 mil por mês não é um ROUBO DAS RIQUEZAS DO BRASIL?????Caso você fosse um juíz, um ex-governador , presidente, o que você faria abdicaria desse montante e te transformaria num ermitão, e passaria a viver de esmola? Pergunte ao presidente Lula e a cabada de ex-governadores se eles renunciariam a esses belos salários que lhes proporcionam jantares faraônicos…Esse é o discurso da burrice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens