Fechar
Buscar no Site

Sarney e seu grupo são acusados de boicotar o projeto de privatização da Eletrobras

A matéria veiculada pelo jornal O Globo neste final de semana sobre a vida de José Sarney em Brasília e a sua ingerência sobre o governo Temer expôs, além do poder do oligarca em vetar ministros, como foi o caso de Pedro Fernandes no Trabalho, outras intervenções que estão sendo realizadas por ele no âmbito nacional.

De acordo com o jornal, além de indicar e vetar nomeação de autoridades, “Sarney e seu grupo são acusados de boicotar o projeto de privatização da Eletrobras”, feudo de senadores do Norte, como o líder do governo Romero Jucá (PMDB-RR) e o senador Eduardo Braga (PMDB-AM).

Esse grupo, segundo o periódico, controla as distribuidoras da Eletronorte no Norte e Nordeste “e agora Sarney e Lobão articulam a indicação de André Pepitone para a Aneel”.

Em resposta ao jornal, Sarney disse não ser contra a privatização do setor elétrico. “Acho que não pode ser feita atingindo empresas que fazem parte da soberania e interesse nacionais. Mas, em geral, o estado é um péssimo administrador”, afirmou o oligarca.

Aparelhada com cargos de vários aliados, a privatização da Eletrobras acabaria com várias mamatas de aliados próximos. Por isso que José Sarney anda tão empenhado contra a ação do governo Temer. Pela força que tem atualmente, é capaz que consiga.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

5 respostas para “Sarney e seu grupo são acusados de boicotar o projeto de privatização da Eletrobras”

  1. TUNTUM disse:

    Escândalo de propina envolvendo o prefeito de Tuntum e seus aliados
    Por Luís Pablo 08-01-2018 às 08:13 PolíticaComente

    WhatsAppEmailCompartilhar
    Prefeito Cleomar Tema
    Prefeito Cleomar Tema

    No fim de semana vazou imagem de uma suposta mensagem via WhatsApp do vereador Alan Brito Noleto (PDT) para o presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) e prefeito de Tuntum, Cleomar Tema.

    O vereador diz para o prefeito analisar “com carinho” a possibilidade do grupo político da região votar no atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB).

    “Seria uma forma de nos mantermos com aquela ajuda na Assembleia”, diz Alan Brito referindo-se aos empregos que conseguiram com o então presidente do Poder Legislativo, Humberto Coutinho, que faleceu na semana passada.

    O Blog do Luís Pablo apurou que foram feitas várias nomeações em troca de apoio do grupo político de Tema, que apoiou várias eleições de Humberto.

    O atual presidente Othelino, que assumiu o comando da Casa Legislativa na última quinta-feira (4), precisa mandar apurar os fatos para tomar as medidas cabíveis.

    A polícia também precisa investigar esse escândalo de propina disfarçada em emprego fantasma.

    AL-MA, Cleomar Tema, Tuntum-MA

  2. NEY disse:

    a ELETROBRAS E OUTRAS ESTATAIS SÃO UMA MINA DE OURO DA CORRUPÇÃO PARA OS POLITICOS LADRÕES E LADRONAS DAS OCRIM—-ORGANIZAÇÕES CRIMINOSAS QUE SAQUEIAM O BRASIL—- AFINAL QUEM QUER PERDER A ….GALINHA DE OVOS DE OURO …..??????? ninguém—-políticos ladrões e ladrona adoram roubar dinheiro público .

  3. josimario disse:

    esta foto do famigerado fe-me lembrar o livro HONORÁVEIS BANDIDOS. Vou ler novamente

  4. joão disse:

    TODOS OS MARANHENSES deveriam ler o livro —-HONORÁVEIS BANDIDOS —–para conhecer a história recente do Maranhão—-HONORÁVEIS BANDIDOS —no google tem muita coisa para ler ……recomendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens