Fechar
Buscar no Site

Mais de 300 assaltos a ônibus já foram registrados em São Luís

G1MA – Segundo um levantamento feito pelo Sindicato dos Rodoviários de São Luís, de janeiro até maio deste ano, 312 assaltos foram registrados em ônibus na capital. Dentro dos terminais de integração, os passageiros reclamam da insegurança e da falta de policiamento, situação que deixa a população vulnerável à ação dos bandidos.

O terminal de integração da Praia Grande no Centro de São Luís é o que mais registra assaltos a passageiros. De acordo com Isaías Castelo Branco, presidente do sindicato, a falta de fiscalização dos terminais, deixa os usuários de transporte público vulneráveis e com medo. “O livre acesso dentro dos terminais é o que preocupa muito a gente, porque todo tipo de gente adentra esses terminais”, afirma.

312 assaltos a ônibus foram registrados em São Luís, afirma Sindicato dos Rodoviários. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Os criminosos se aproveitam da falta de infraestrutura e policiamento para praticar assaltos dentro dos terminais de integração. No terminal do Distrito Industrial, na zona rural da capital, a situação também não é diferente. “Se alguma coisa acontecer, ninguém vai poder fazer nada. A gente sabe que ninguém reage, a não ser a polícia”, diz Patrícia Fernanda, usuária do transporte público.

A sensação de insegurança se torna pior para quem precisa pegar ônibus fora dos terminais de integração. Segundo a doméstica Maria do Socorro, ter que usar transporte público em São Luís é a ter a incerteza se a volta para casa vai ser tranquila. “A gente pega ônibus aqui, mas não sabe se volta. Porque o marginal se veste bem, bem vestido, e a gente não sabe. Quando chega certa altura é que ele vai anunciar o assalto. E ai, como é que a gente vai ficar?”, questiona.

Falta de infraestrutura em terminais de integração facilita ação dos criminosos.' (Foto: Reprodução/TV Mirante)

Em reflexo dessa situação, na sexta-feira (16), dois homens armados tentaram assaltar um ônibus na Avenida dos Franceses em São Luís, mas foram surpreendidos por um passageiro que estava armado e reagiu ao assalto. Um dos bandidos fugiu e outro foi capturado por populares, que ficaram indignados com a situação.

Isaías Castelo Branco afirma que a violência dos assaltos tem chamado atenção e causado insegurança aos motoristas e cobradores de ônibus. “Estão sendo bem mais violentos com relação à forma como esses marginais estão atacando os trabalhadores. Tivemos motoristas, cobradores espancados esse mês, e a categoria fica muito preocupada com isso”, afirma.

Dois homens foram surpreendidos por um passageiro durante uma tentativa de assalto a um ônibus em São Luís. (Foto: Reprodução/TV Mirante)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Mais de 300 assaltos a ônibus já foram registrados em São Luís”

  1. Mandioca disse:

    “O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão – STTREMA, acaba de divulgar o balanço de assaltos praticados a coletivos, ao longo do ano de 2015. Nos últimos 12 meses, 657 crimes do tipo foram registrados nos ônibus que circulam pela grande São Luís contra 365 assaltos em 2014.”

    A nota acima é do Sindicato dos trabalhadores em Transportes Rodoviários do Maranhão e foi publicada no inicio de 2016.
    Se o cara não for débil mental, verá que em 2014 houve 365 assaltos, em 2015 cerca de 657 assaltos, e agora em 2017, só ATÉ MAIO, foram registrados 312 assaltos o que projetará para o ano de 2017 um total de aproximadamente 750 assaltos. Resumindo, só em 2017, o número de assaltos a ônibus em São Luís será maior que os 4 anos de governo de Roseana.
    É mole? Claro que não, mandioca é dura, grossa e grande. O Que é pequeno é o cérebro da corja de analfabetos que apóia esse governo incompetente e corrupto.
    Agora de uma certeza eu tenho, ao publicares essa reportagem tu vais levar umas porradas do Rato Jerry, e o que é pior, vais ficar sem o JABÁ de uns dez a doze mil.
    Eu não tenho bandidos de estimação, tu tens?

  2. jonas vaquer disse:

    REVOLTA: POPULAÇÃO SE REVOLTA, INVADE LEGISLATIVO E ENTRA EM PANCADARIA COM PARLAMENTARES.
    https://www.facebook.com/todoscontraofimdaaposentadoria/videos/1912091202408148/

  3. jonas vaquer disse:

    Joesley entrega comprovantes de depósitos a Cunha, contra Lula ele não tem.O grupo JBS, que fez delação premiada que atinge e pode derrubar Michel Temer, teme ser retaliado via Receita Federal. O governo já vem promovendo retaliações à empresa por meio de outros órgãos federais e empresas estatais, como Caixa, Petrobras e AGU.

    Executivos da JBS procuraram dirigentes da Receita preocupados com especulações de que o governo teria determinado uma devassa nas contas da empresa, segundo informa a Coluna do Estadão neste domingo 18.

    “Os interlocutores da empresa receberam uma negativa como resposta, mas foram avisados de que há vários procedimentos instaurados envolvendo firmas da holding J&F e outros serão abertos com base nos crimes confessados pelos donos do grupo em delação premiada”, diz a nota.
    Em conversa com a Receita, o representante da JBS soube que o superintendente do órgão em São Paulo, José Guilherme Antunes de Vasconcelos, é muito próximo de Temer. No âmbito da Lava Jato, a Receita tem cobrado multas altíssimas de empresas investigadas.

    http://politicasite.com/wp-content/uploads/2017/05/temer.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens