Fechar
Buscar no Site

A dobradinha Socorro e Edilázio

Do site do Elias Lacerda – Depois da visita da ex-prefeita Socorro Waquim feita a ao deputado estadual Edilázio Júnior a São Luís dias atrás e seu pedido para que o deputado solicite ao governo a mudança da sede do Batalhão do Corpo de Bombeiros de Timon para o prédio do CSU e ainda a a disposição do deputado em colocar emenda sua para a saúde da cidade, não resta mais dúvida: A dobradinha Socorro Waquim deputada estadual e Edilázio Júnior para federal em 2018 está praticamente certa.

Esta pedra o eliaslacerda.com cantou ainda no ano passado, em primeiríssima mão.

Como prova de que articula com dedicação sua candidatura de deputada em 2018, Socorro manteve encontro até mesmo com a maior e mais influente liderança do PMDB, o ex-presidente José Sarney.

Importante para o grupo

Com o grupo aos pedaços, os Sarney vão precisar e muito da ex-prefeita. Socorro é nome dos fortes que ainda permanece com o ex-presidente e sua filha Roseana Sarney.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “A dobradinha Socorro e Edilázio”

  1. jonas vaquer disse:

    HUM…HUM…PLIM-PLIM.
    TEMER PARTE PARA GUERRA CONTRA GLOBO E DECIDE COBRAR TODAS DÍVIDAS DA EMISSORA. Fritado em rede nacional a reboque das revelações da Lava Jato, o governo Michel Temer decidiu declarar guerra à Rede Globo e estaria usando a máquina pública para vencer algumas batalhas. Segundo a coluna de Leandro Mazzini, em O Dia, nesta segunda (17), a União tem cobrado dívidas da empresa dos Marinho até mesmo com o BNDES.

    “O Michel Temer enviou o ministro Moreira Franco para conversar com a cúpula da TV Globo há dois meses, numa tentativa de trégua. Mas foi em vão. Temer então declarou guerra. E passou a ordenar a execução de eventuais dívidas da emissora com a União, de impostos e de financiamentos no BNDES. No contra-ataque, a emissora determinou a aproximação de seus principais executivos com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, na tentativa de fazê-lo presidente da República. Mesmo que seja por um ano, até a eleição direta.” A coluna ainda lembrou que “são constantes as conversas de Maia com o vice-presidente de relações institucionais da Globo, Paulo Tonet. Almoçaram juntos domingo passado, revelou a Coluna.”
    Também nesta segunda, jornais da grande mídia divulgaram que a Globo tomou a decisão de transmitir, ao vivo, a votação da denúncia contra Temer no plenário da Câmara, que ocorre no dia 2 de agosto. O presidente é acusado de receber propina da JBS em troca de atuar em favor da empresa em diversos órgãos ligados à Fazenda.
    À época do vazamento do grampo de Joesley Batista com Temer, a Globo foi o principal meio de comunicação a defender a mudança na presidência, só que por meio de renúncia e eleição indireta.
    POR Jornal GGN
    https://falandoverdades.com.br/wp-content/uploads/2017/07/temer-vs-globo.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens