Fechar
Buscar no Site

Após desistência de Renan e duas votações, Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) se elegeu presidente do Senado neste sábado (2) ao vencer a eleição com 42 votos, um a mais que os 41 necessários para um candidato ganhar no primeiro turno.

Com a vitória de Alcolumbre, o DEM passa a comandar Senado Federal e Câmara dos Deputados. Nesta sexta-feira (1º), Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito presidente da Câmara, também em primeiro turno.

O resultado da eleição foi o seguinte:

  • Davi Alcolumbre (DEM-AP) – 42 votos
  • Esperidião Amin (PP-SC) – 13 votos
  • Angelo Coronel (PSD-BA) – 8 votos
  • Reguffe (sem partido-DF) – 6 votos
  • Renan Calheiros (MDB-AL) – 5 votos
  • Fernando Collor (Pros-AL) – 3 votos

A vitória de Alcolumbre foi precedida de

Logo após o anúncio da vitória, Alcolumbre assumiu a cadeira de presidente. Ele cumprimentou todos os concorrentes na disputa pela presidência do Senado, inclusive Renan Calheiros. Disse que dará ao rival o mesmo tratamento conferido aos demais colegas.

“Quero dizer ao senador Renan Calheiros que terá dessa presidência o mesmo tratamento que todos os partidos devem ter”, afirmou.

O novo presidente do Senado destacou a importância de “reunificar” a Casa e afirmou que não conduzirá os trabalhos com “revanchismo”. Segundo ele, a “condição de adversários é “passageira”, enquanto as instituições são permanentes.

“Deixo claro também que não conduzirei um Senado de revanchismo. Os meus adversários terão, todos eles, de minha parte, pujante disposição para o diálogo e cooperação”, declarou.

Alcolumbre declarou que, no que depender da sua condução, a sessão que o elegeu presidente terá sido a “derradeira sessão do segredismo, do conforto enganoso do voto secreto”.

O parlamentar afirmou que na Casa não haverá senadores de alto ou de baixo clero. “Todos serão tratados com a mais absoluta deferência e respeito”, garantiu.

Alcolumbre pediu “desculpas pelos ultrajes que apequenaram o Senado” e assegurou que terá “grande e espírito público” na função de presidente.

“Espero deixar essa Casa com o país retomando os trilhos, enfrentando as reformas complexas que com urgência que nosso país reclama”, declarou. G1

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Após desistência de Renan e duas votações, Davi Alcolumbre é eleito presidente do Senado”

  1. Kleiton disse:

    Renan….. prisão a vista…o Quadrilhao do PMDB MDB irá todo para a prisão…..fim da eterna impunidade.

  2. Parabenizo o jovem e corajoso parlamentar, que enfrentou com diálogo e com uma postura de um senador veterano. Os raposas velhas, que já estavam acostumados com os panelões, se viram ameaçados com uma postura de um jovem senador, preparado, qualificado, destemido, passou isso para os outros senadores dá república que trouxeram das ruas e das urnas essas vontades de contribuir com o Brasil e com os eleitores brasileiro essa sede de mudanças, ás táticas das velhas políticas , dos toma_lá dá cá, o senador eleito presidente do senado federal, mostrou aos seus eleitores e aos senadores de primeiros mandatos que não se curvaria , diante dos raposas velhas que sempre praticaram uma política atrasadas feito por políticos já vencidos pelos os tempos que ocuparam cargos eletivos e não contribuindo em nada para ajudar o Brasil e os brasileiros a sair destes atoleiros gigantesco que atualmente só emperra que o nosso Brasil seja recolocado nos trilhos dos desenvolvimentos e progressos. O Renan achava que nunca ira ser destronado, se acostumava com ás velhas táticas de ganhar tudo por debaixo dos panos, fazendo conchavos, conversinhas de pés de ouvidos, ganhando sempre com os votos secretos e conchavos obscuros, o POVÃO já se cansou disso, na maiorias dos eleitores brasileiro, querem ás mudanças de fatos e de direitos, foi com esses objetivos que o congresso nacional está sendo renovado com parlamentares jovens capacitados e preparados para juntos contribuírem com ás boas mudanças para que o nosso Brasil possa crescer e os brasileiros serem beneficiados com boa saúde, educação com qualidades, segurança públicas , trabalhos e rendas, com políticas públicas e justiça social, temos que acabar com o analfabetismo, valorizar os professores, o NOVO presidente do senado foi firme e forte nessa sexta feira dia primeiro de fevereiro 2019 quando o PMDB quis transformar e conseguiu transformar o plenário do senado federal em um circo nunca visto antes, uma senadora despreparada e desqualificada para o cargo que foi eleita, em um gesto irresponsável, tresloucada invadiu a mesa e tomou na marra das mão do presidente dá seção uma pasta que estava com os documentos oficiais. Na minha opinião, alguém deve ter influenciado ela a fazer isso, já saberiam que seriam derrotados, então, tentaram de todas ás formas não republicanas de tumultuar o recinto, com essas atitudes irresponsável de uma parlamentar sem preparo próprio e a dedicação impostas pelo os cumprimentos dos deveres legais, se comportou como uma pessoa com os mínimos de decências e composturas diante dos seus colegas de parlamento. Isso é ridículo, imoral, os eleitores do Tocantins não merecem uma parlamentar dessa estirpes, tantas mulheres decentes, preparadas para ocupar um cargo eletivo de senadora pelo o Tocantins, senadora Cátia Abreu, respeite os seus eleitores que votaram e te elegeu, vc não é merecedora de ocupar uma cadeira no senado federal. Qualquer parlamentar que não tem respeito e zelo pelas ás coisas públicas, não é merecedora de sentar em uma cadeira do parlamento nacional, dos 46 senadores de primeiro mandato, todos ficaram envergonhados de assistir uma patifaria daquelas, teve senadores que comparou ás atitudes dá senadora como se ela estivesse em uma casa de putarias das mais inferiores que existem em algumas cidades nos interiores do Brasil. vá criar vergonha nessa tua cara seca senadora, você manchou com uma nódoa o senado federal, ainda bem que os eleitores estão se conscientizando dos maus parlamentares que ocupam ás cadeiras no congresso nacional, já foram excluídos bastantes em 2018, na câmara dos deputados 244 parlamentares novos, no senado 46 senadores de primeiro mandato, certamente que em 2022 consigamos limpar de uma vez por todas os maus parlamentares que não contribui em nada com o Brasil e nem contribui em nada com o POVO brasileiro. Que o novo presidente do senado , consiga mudar o regimento interno, fazendo os deveres de casa, não carece que STF dê pitacos em uma casa com os poderes independentes, que DEUS dê sabedorias e discernimentos ao novo presidente do senado Davi Alcolumbre que com a sua coragem e sua boa postura e conduta ilibada conseguiu com a maioria dos senadores retirar do comando do senado federal a velha políticas dos conchavos, políticos atrasados que não contribuiu em nada para o engrandecimento do Brasil e não ajudou em nada o POVO brasileiro. Que os braços dá lava jato te receba Renan Calheiros e que vc pague por todos os crimes que vc cometeu, você e seus cúmplices, aos poucos vamos passar o nosso Brasil a limpo, o POVO brasileiro não aguenta mais tantos roubos desvios de bilhões público. Esse é um dia histórico que devemos comemorar dia 2 de fevereiro de 2019, que comece a 56º legislatura e que os novos parlamentares que contribuam a ajudar a quebrar ás amarras que impede que o nosso Brasil cresça, e que ás maiorias dos eleitores brasileiro que clamam por ás boas mudanças, aprendam a votar e escolherem pessoas comprometidas com o social, aos poucos vamos retirando os maus políticos e elegendo jovens bem preparados para legislar em favor do Brasil e dá alentos e esperanças ao POVO brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens