Fechar
Buscar no Site

Veja o vídeo: Clima esquentou entre os deputados Wellington do Curso e Neto Evangelista

Foto: Reprodução


Os deputados Wellington do Curso (PSDB) e Neto Evangelista (DEM) trocam ‘trocaram farpas’ na sessão desta quarta-feira (25) na Assembleia Legislativa.

Tudo começou quando Wellington disse que o pai de Neto Evangelista, o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia João Evangelista fez parte da oligarquia Sarney. “V. Exa. tenta o tempo todo colocar como se fizéssemos parte de uma oligarquia. E aí voltando ao passado, lembrando que o seu pai é que foi secretário da oligarquia, seu pai fez parte da oligarquia. Então, o senhor pode ter nascido na oligarquia“, afirmou do Curso.

Logo após, Neto Evangelista subiu indignado à tribuna e disparou contra Wellington. “Primeiro, aprenda como cidadão a não tocar em nome de pai morto, a primeira coisa que V. Exa. deve fazer. Vossa Excelência não tinha meu respeito como parlamentar, Vossa Excelência não tem o meu respeito hoje como gente. V. Ex.ª não conhece a história de meu pai. V. Ex.ª não conhece a minha história. Eu tenho respeito por todos os meus colegas parlamentares, independente de posição política. Então, quando for pensar em citar o nome de meu pai nesta tribuna, pense sempre duas vezes, seja para falar mal, seja para falar bem. Como filho, na minha frente, eu não dou o direito de V. Ex.ª tocar no nome de meu pai. Tome tenência, deputado“, revidou Evangelista.

 Veja a discussão nos dois vídeos acima.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

9 respostas para “Veja o vídeo: Clima esquentou entre os deputados Wellington do Curso e Neto Evangelista”

  1. Mandioca disse:

    João Evangelista foi um lacaio da Sarneyzada, como presidente da Assembléia Legislativa SAQUEOU os cofres daquela casa em dezenas de milhões de Reais atraves das famosas contratações de funcionários fantasmas.
    O filho é um BOSTA que vai ter que lamber o rabo da Sogra ,( outra lacaia da Sarneyzada) para poder se eleger.
    O pai levava propina até nas construções de pontes de madeira lá pra região de Zé Doca.
    Ah sim, outro lacaio de Sarney que deu vida boa e farta aos filhos foi um tal de Salvio Dino, pai de um certo bandido.

  2. Cláudio disse:

    Wellington falou alguma mentira? Agora se ele tem vergonha das origens dele é outro assunto. Mas o passado Neto não consegue mudar.

  3. Pierre disse:

    Esse tão de Wellington enganou seus eleitores se vendendo pra oligarquia Sarney, perdeu meu voto!

  4. Mandioca disse:

    BOMBA, BOMBA, BOMBA, Cardoso FECHA o Blogue se aparecer um assecla de dino que nunca mamaou junto com a sarneyzada.

    Desafio: se aparecer um aliado de Flávio Dino que nunca mamou ou nem esteve com Sarney, eu fecho o Blog mais lido Maranhão
    Data de publicação: 25 de Abr de 18 às 17:07 Categoria: Política 10 Comentários
    Facebook110TwitterWhatsApp
    Quem esteve com José Sarney no passado, ou mamou na tetas da gestão de Roseana, são os mesmo que estão agora com Flávio Dino se arvorando de que sempre foram inimigos do clã, estão agora nas ruas clamando “Xô Roseana!”. Nenhum deles tem moral para dizer que nunca precisou e usou dos favores da família. Se aparecer um, o jornalista Luis Cardoso fecha agora mesmo o blog mais acessado do Maranhão e o segundo mais lido do Nordeste. O desafio vale também para jornalistas e blogueiros.

    Vamos começar pelo líder, o próprio governador Flávio Dino. Nem vou dizer aqui que o pai dele sempre teve bons empregos mantidos por José Sarney, mas apenas recordar que Dino sempre tentou aproximação com o pai de Roseana quando era deputado federal e chegou junto quando foi até a casa do velho cacique, no Calhau, pedir ajudar para se eleger prefeito de São Luís em 2008

  5. O JUSTO e os sonhos deles é voltar a colocar ás mãos nas chaves dos cofres público disse:

    Esse blog do cardoso é a cara da oligarquia, ele é o 1º a mamar nas tetas desta oligarquia perversa e malvada, eles só pensam em tomar ás chaves dos cofres público, é a única coisa que eles maquinam 24 horas por dia, só isso e nada mais, então, se isso acontecesse, eles iriam terminar de acabar com o Maranhão, mais como o POVÃO não é mais besta, então, eles vão ficar só nas vontades, eita povinhos mequetrefes.

  6. Mayrlla Costa disse:

    E quem são vcs pra julga? Se fosse o pai ou mãe de vcs vcs tbm ñ defenderam memória do pai ou mãe respeitem por isso a Brasil está assim vcs julgam mais ñ sabem,vcs falam mais ñ votam direito antes de falar escutem e se calem pois pata GNT adulta vcs parecem criança,aprendaram a respeitar se pois Deputado Wellington fala do pai dele e como filho ele idolatra o pai e quem ñ ver o pai com um herói?
    Pra mim é assim q vejo meu pai E assim muitos vêem seus pais então largem de besteira é vamos crescer neh? Ñ sou de me meter em política mais hj foi um caso especial onde um filho defende o seu paí que hj mora no céu

  7. Daniel disse:

    O deputado Neto Evangelista, com toda a certeza ganhou inúmeros fãs e admiradores por sua atitude ontem. E eu sou um desses. Meus Parabéns pela bela enquadrada que deu nesse “destrambelhado” Wellington do Curso.
    Esse cara não tinha nada que estar envolvendo o pai ou quem quer seja membro da família das pessoas. Quer discutir, debater, brigar, etc, mas que seja sobre a política e entre a outra pessoa; jamais envolver terceiros, que neste caso não tem nem como se manifestar, visto que já está falecido.
    O nobre deputado Neto foi até elegante e respeitoso demais com esse “elemento”. Se fosse comigo, o pau iria cantar.

  8. Tô de olho disse:

    Me mostra quando você vou Neto fazendo campanha para os sarneys?!
    Hein?!
    Quando?

    Neto falou que se for pra falar que fale dele e ñ do pai. Até porque Neto se filiou ao PSDB fazendk oposição ao grupo Sarney e depois que que começou sua carreira política nunca esteve nesse grupo. Basta olhar a história política dele

  9. Geraldo Marques disse:

    Wellington é um dos mais fracos deputados que já pisaram no legislativo estadual. Mas João “Carretilha” Evangelista era muito mala mesmo ainda bem que Neto não seguiu o exemplo de 1994 do pai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens