Fechar
Buscar no Site

Governo inicia atendimento às vitimas das chuvas em São Luís

Equipes da Secid visitam famílias atingidas pelas chuvas em São Luís (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) iniciou, nesta segunda-feira (25), visitas às famílias vítimas dos efeitos das fortes chuvas que caíram, em São Luís, nos últimos dias. As equipes estiveram diversas áreas alagadas como Maioba, Filipinho, Sacavém, Redenção, Vila Embratel, Vila Isabel e Vila Bacanga.

No domingo (25), o governador Flávio Dino determinou um plano de ações emergenciais e preventivas, durante reunião com os secretários de Estado, presidentes de órgãos e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA).

O secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Rubens Pereira Júnior, informou que a Secid ficou responsável por três intervenções. “Algumas famílias, que tiveram suas casas danificadas, serão incluídas no programa Cheque Minha Casa para garantir pequenas intervenções e reformas”, anunciou.

A Secid e a Secretaria de Estado de Cultura (Secma), em parceria com a Defesa Civil e Prefeitura de São Luís, farão vistorias de todos os prédios e moradias que têm algum risco de desabamento na região da central de São Luís. “As famílias que tiverem que ser removidas das áreas de risco serão incluídas no aluguel social. Vamos garantir lugar seguro e habitação digna para essas pessoas”, explicou o secretário.

As equipes da Secid seguirão com as vistorias, em caráter de urgência, para garantir a ação do Governo do Estado. “Visitamos várias famílias e além de fazer os levantamentos das condições; também tivemos a oportunidade de explicar as ações que o Governo do Maranhão iniciou para minimizar os prejuízos causados pelas chuvas”, explicou a coordenadora do Programa Cheque Minha Casa, Malu Teixeira.

Duquemberg Linhares, morador do bairro da Redenção, está apreensivo com o grande volume de água que derrubou o muro do seu quintal. “Foi a primeira vez que isso aconteceu, mas, graças a Deus, o Governo está agindo e resolvendo os problemas das famílias que tiveram suas casas alagadas”, disse.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens