Fechar
Buscar no Site

Prefeitura reforça gestão de resíduos sólidos com a construção de mais um Ecoponto em São Luís

Avançando nas políticas de limpeza urbana na capital, a Prefeitura de São Luís iniciou as obras de mais um Ecoponto na capital, localizado no bairro São Raimundo. Com o novo equipamento, a gestão do prefeito Edivaldo ampliará para 11 o número de Ecopontos na cidade, além da quantidade de bairros e população beneficiada pela política. Os Ecopontos fortalecem as ações de limpeza urbana já desenvolvidas nos bairros, além de coibirem o descarte irregular na cidade.

“O Ecoponto São Raimundo é parte do pacote de 10 novos equipamentos que anunciamos em março deste ano. Atualmente nossa política de gerenciamento de resíduos sólidos já contempla 10 Ecopontos que estão em pleno funcionamento recebendo em torno de 60 toneladas de resíduos por mês que são destinados à reciclagem ou reuso. Inauguramos o primeiro deles, localizado no Parque Amazonas, em maio de 2016 e o último, no Anil, entregamos em março deste ano. Além de ser uma importante política de limpeza urbana, os Ecopontos também fortalecem a cadeia produtiva de resíduos sólidos em São Luís e fomenta a economia solidária” destacou o prefeito Edivaldo.

Em dois anos de implantação, os Ecopontos já beneficiaram 350 mil moradores em mais de 90 bairros da capital o que comprova o sucesso da inciativa da Prefeitura. Com a inauguração do Ecoponto São Raimundo estes números serão ampliados, garantindo que São Luís continue avançando na implantação de políticas de sustentabilidade.

A presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Carolina Moraes Estrela, destaca a importância dos equipamentos para São Luís. “Hoje, não se pode falar em gestão de resíduos sólidos urbanos sem pensar em desenvolvimento sustentável e sem implantar políticas efetivas de reciclagem. Em São Luís, por determinação do prefeito Edivaldo, estamos avançando nestas ações com a implantação dos Ecopontos, que são espaços onde a população pode fazer a entrega voluntária dos resíduos passíveis de reciclagem”, afirmou.

Localizado na Rua 04, próximo ao ponto final da linha de ônibus que atende ao bairro, o Ecoponto São Raimundo está sendo implantado em uma área onde o descarte irregular de resíduos sólidos é comum na região. Para evitar o acúmulo de lixo, a Prefeitura de São Luís realiza pelo menos duas ações de remoção mecanizada por semana. No bairro, a coleta domiciliar é feita regularmente às segundas, quartas e sextas-feiras no período diurno, mas o descarte irregular nas vias públicas ainda é frequente.

Carolina Moraes Estrela destaca que a partir da implantação do Ecoponto uma série de ações serão realizadas para melhorar a limpeza urbana no bairro. “O início das obras é apenas o começo do fortalecimento de uma série de políticas que visam mudar essa realidade, pois além da instalação do equipamento nós faremos ações de educação ambiental com a população para estimular o manejo adequado do lixo domiciliar”, informou.

SAIBA MAIS

Localização dos Ecopontos em funcionamento
– Ecoponto Anil
Rua 02, s/nº, Anil (próximo à agência do Banco do Brasil)
– Ecoponto Parque Amazonas
Avenida dos Africanos, s/nº, Bairro de Fátima, entrada do Parque Amazonas;
– Ecoponto Angelim
Rua 27, s/nº (antes do Makro, próximo ao Restaurante Chico Noca);
– Ecoponto Bequimão
Avenida 1, s/nº, Bequimão, ao lado do CRAS
– Ecoponto Habitacional Turu
Travessa G, s/nº, Habitacional Turu, próximo ao antigo Mateus Supermercados
– Ecoponto Jardim América
Avenida 03, s/nº, Jardim América, ao lado da União de Moradores
– Ecoponto Jardim Renascença
Rua Netuno, próximo à Paróquia de São Paulo Apóstolo
– Ecoponto Residencial Esperança
Rua Doutor Ribeiro, s/nº, Residencial Esperança
– Ecoponto Cidade Operária
Avenida Este 203, s/nº, Cidade Operária, próximo ao Campo do Real
– Ecoponto São Francisco
Avenida Ferreira Gullar, próximo à Estação Elevatória da Caema

Que materiais são recebidos nos Ecopontos?
ELETRÔNICOS: televisão, monitores, celular, impressoras, mouses, teclados, etc – até três unidades
ENTULHO: resíduos de construção civil, como tijolos, telhas, gessos etc – até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
MADEIRAS: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
ÓLEO DE COZINHA: até 5 litros
PNEUS: até 4 unidades
PODAS DE ÁRVORE E RESTO DE CAPINA: até 2m³ (volume de uma caixa d’água de 2 mil litros)
RECICLÁVEIS: plástico, papel, isopor, metais, vidros, etc (até 300 litros – 3 sacos grandes)
VOLUMOSOS: móveis, sofás, colchão etc (até dois volumes)
*Quantidades por pessoa/dia

Que materiais os Ecopontos não recebem?
Lixo doméstico
Animais mortos
Resíduos hospitalares
Resíduos perigosos/contaminados: pilhas, baterias, lâmpadas, cartuchos/tonner etc

Qual o horário de funcionamento dos Ecopontos?
Segunda-feira a Sábado, das 7h às 19h

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

9 respostas para “Prefeitura reforça gestão de resíduos sólidos com a construção de mais um Ecoponto em São Luís”

  1. Zenaldo Sampaio disse:

    Agora só falta criar uma lei que multe quem jogar lixo na rua, porque de nada adianta esses ecopontos se a população não for educada ou punida se for necessário. A cidade está cheia de lixões irregulares e vários terrenos servindo de lixões porque a população é mal educada e desinformada.

  2. Xavier disse:

    Será preciso fazer mais do que isso, se não educar a população tudo isso será em vão. O que mais se ver são pessoas mal educadas jogando lixo na rua e terrenos.

  3. Silmara sonia disse:

    Engraçado que a prefeitura só constrói ecoponto em alguns bairros, em outros começaram a construir e abandonaram a obra. O da avenida dos portugueses antes da Butano, começaram e nunca terminaram a obra e o povo imundo de lá está enchendo as margens da avenida de lixo. Dá até vergonha passar por lá. Por favor concluam a obra.

  4. Tito Almeida disse:

    E o ecoponto da avenida dos portugueses quando vão terminar? Se passarem por lá verão que está cheio de lixo.

  5. fernanda disse:

    Boa notícia, parabéns ao prefeito por continuar investindo nessa área para assim amnter nossa cidade mais limpa

  6. Flavio disse:

    Os moradores do São Raimundo agradecem essa obra que é de grande importância.

  7. Alayanne disse:

    A Prefeitura poderia explicar pq em 2017 declinou da construção do Ecoponto no Cohatrac e la deixou isolada a área já de costume de descarte irregular, e agora uma faixa da avenida esta tomada pelo lixo. Culpa da população inércia do poder público juntos.

  8. Rogério disse:

    Se a prefeitura deixasse limpas e urbanizadas as praças e áreas livres, ninguém jogaria lixo nesses espaços. É incrível a burrice dessa equipe de Edivaldo, sinceramente. O dinheiro que se gasta recolhendo esses resíduos, com certeza é bem maior que o dinheiro que se gastaria urbanizando essas áreas. Ainda existe o agravante da prefeitura não fazer valer a lei de muros e calçadas. Tem lugares que eles colocam as placas (Lei nº 4590.2006) mas no terreno bem próximo ao interditado, não fazem nada mesmo estando em situação pior. Só pode ser terreno de aliados pra explicar essa falta de coerência, é incrível isso.

  9. heitor disse:

    O prefeito vem buscando melhorar nossa cidade cada dia que passa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens