Fechar
Buscar no Site

Capitão do Corpo de Bombeiros tenta matar Policial Militar em baile de Associação em São Luís

Na madrugada deste domingo (4), um capitão do Corpo de Bombeiros do Maranhão disparou um tiro contra um policial militar que estava à frente da organização de um baile pré-carnavalesco do ‘Bloco Gatus’, na Associação dos Servidores da Eletronorte (Aseel), na Travessa Rua Boa Esperança, no Turu.

O PM, identificado como Eberval Santos Rodrigues, de 48 anos, 3º sargento, foi atingido na perna e escapou da morte porque houve a intervenção de um irmão dele, que partiu para cima do atirador e tomou-lhe a arma. A ocorrência foi qualificada pela Polícia Civil como tentativa de homicídio.

O autor do disparo foi identificado como Leonardo Silva Mendonça, 32 anos, capitão do CBM, que seria lotado no CTA. Ele havia penetrado a festa com dois amigos sem pagar a contribuição de R$ 30,00, valor referente ao abadá que identificava os brincantes.

Segundo o boletim de ocorrência registrado no Plantão Central do Cohatrac, às 4h deste domingo (4), seguranças da festa flagraram três homens entrando pela parte dos fundos do clube, com a intenção de participar do baile.

A invasão foi comunicada ao organizador do baile, o policial Eberval Santos Rodrigues, 48, que se dirigiu aos homens para dizer que eles não poderiam permanecer no baile, pois era privado, e que só poderiam ficar se pagassem o valor dos abadás.

Diante da recusa em pagar e mesmo de deixar o local, seguranças resolveram colocá-los para fora à força. De imediato, segundo relatado na delegacia, o capitão bombeiro sacou uma pistola para amedronta-los. O organizador Eberval continuou insistindo para que saíssem e foi atingido por um tiro em uma das pernas.

Ao perceber que o bombeiro iria fazer outro disparo, um irmão do policial ferido jogou-se sobre o autor, imobilizando-o. Mesmo ferido, o policial Eberval ajudou a desarmar o atirador.

O autor do tiro quase foi linchado por outras pessoas que estavam participando do baile. O policial baleado foi socorrido e levado para o Hospital São Domingos.

Veja o Boletim de Ocorrência

(Com informações do blog do Gilberto Lima)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

6 respostas para “Capitão do Corpo de Bombeiros tenta matar Policial Militar em baile de Associação em São Luís”

  1. Que papelão? será que esse capita foi autuado em flagrante delito? é vergonhoso um capitão ficar pulando muros na companhia de outras pessoas e tumultuar, nem recruta faz isso, esse capita teria que ser autuado em flagrante e ficar preso por 30 dias,” por não ter o preparo próprio e a dedicação imposta pelo o cumprimento do dever ” se portar de forma não condizendo e dando maus exemplos sem falar que envergonhou a sua corporação, não teve a hombridade de chegar e se identificar para o segurança e, assim evitaria esse vexame. O governador deveria ter vergonha na cara e pagar um salário decente aos Policiais Militares, quando era candidato ao governo, prometeu que se eleito fosse,pagaria a PEC 300, se elegeu e se esqueceu das promessas? só nesse Maranhão de meu DEUS para acontecer tantas atrocidades, se o GOVERNADOR tivesse cumprido com ás palavras, certamente que não seria necessário alguns Militares ficarem trabalhando de porteiros fazendo o chamado bicos para complementar suas rendas familiares.

  2. Lordelo Sales disse:

    Taí, essa foi boa: para quem pensa que guerra entre facções só ocorre dentro dos presídios!

  3. Ze Renato disse:

    Esse Capitão bombeiro, é pra ser demitido sumariamente. Tanta irresponsabilidade junta, inadmissível esta atitude, nada de passar a mão por ser oficial, demonstrou não ser digno do cargo na Corporação, 30 dia de cadeia e no final ser expulso da instituição por justa causa.

  4. Capelobo disse:

    Ué ?
    E CACHORRO ATIRA EM CACHORRO?

  5. Robson Prado disse:

    COMENTANDO APENAS O FATO:
    O capita errou. O caso poderia ser até mais sério. Evidente que haverá punição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens