Fechar
Buscar no Site

Centenário de Brizola será celebrado em São Luís

Leonel Brizola, que em janeiro de 2022 completaria 100 anos, vai ganhar homenagens no Maranhão


Um grupo de militantes políticos criou um grupo de trabalho para comemorar, em São Luís, o centenário de nascimento de Leonel Brizola, que transcorrerá no próximo dia 22 de janeiro.
Um dos articuladores do movimento, o ex-deputado Rubem Brito, informou que a primeira reunião do grupo acontecerá na próxima quarta-feira (dia 5).
A ideia do ‘Grupo dos 11’ é realizar uma semana inteira de homenagens a Brizola, Herói da Pátria, título esse conferido pelo Congresso Nacional aos brasileiros que se destacaram na luta pelo país.
Em todo o País, o PDT – partido fundado por Brizola em maio de 1980 – vai comemorar esta data à altura da sua luta em defesa da democracia e educação do nosso povo.
Brizola deixou sua marca em inúmeras gerações. Quando governador do Rio Grande do Sul, ainda na década de 1960, chegou a empregar 36% do orçamento do estado em educação. Construiu 4,8 mil escolas – que ficaram conhecidas como Brizoletas – e garantiu mais de 500 mil novas matrículas por todo estado. O número de professores, que à época era de pouco mais de 4 mil, saltou para 22 mil.
Já no Rio de Janeiro, implantou os mais de 500 Cieps, escolas de tempo integral, cravadas nas áreas mais vulneráveis do estado. Isso transformou Brizola no maior feitor de escolas do país. Sua biografia também registra a maior resistência à primeira tentativa de golpe militar, ainda em 1961, quando Jânio Quadros renunciou.
Através da Campanha da Legalidade, liderou a partir do Palácio Piratini – sede do governo do Rio Grande do Sul – a resistência civil e, pelas ondas do rádio, garantiu a posse de Jango Goulart como presidente, retardando em três anos o golpe, efetivado em 1964 – quando deixou o Brasil rumo ao exílio mais longo entre todos os perseguidos pelo regime ditatorial.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens