Fechar
Buscar no Site

Secretário Carlos Lula é reeleito presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde

Carlos Lula foi reconduzido ao cargo de presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde


Em eleição por aclamação, o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, foi reconduzido ao cargo de presidente do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), nesta quarta-feira (24), em Brasília. Durante a Assembleia, os secretários destacaram a atuação do representante do Maranhão no enfrentamento à pandemia da Covid-19.
A reeleição de Carlos Lula acontece em um momento crítico para o Sistema Único da Saúde (SUS) em razão da emergência de saúde pública provocada pelo novo coronavírus e suas variantes. “Ninguém esperava ter a caminhada que tivemos. O turbilhão de desafios que atravessamos, nos aproximou. O Conass toma parte de nossas vidas, de nosso dia a dia, de nosso trabalho. O Conass é feito por todos os secretários, todas as secretárias e a ajuda de vocês, de forma incansável, é o que permite a gente a caminhar”, agradeceu.
Durante a Assembleia, o secretário de Saúde do Tocantins, Edgar Tollini, destacou a unidade do Conass a partir da condução do secretário do Maranhão. “Nós sabemos para aonde vamos e o nosso caminho é a união. Está comprovada nesta aclamação, não havia o que discutir. É aclamação. É unanimidade”, ressaltou Edgar Tollini.
A reunião também definiu os cinco vice-presidentes para a gestão 2021/2022. Os eleitos são: André Longo (SES/PE) para a Região Nordeste; Juan Mendes (SES/AP) para a Região Norte; Nesio Júnior (SES/ES) para a Região Centro Oeste; Ismael Alexandrino (SES/GO) para a Região Sudeste; e, Beto Preto (SES/PR) para a Região Sul. A nova diretoria toma posse no mês de abril.
Para o governador Flávio Dino, o Estado tem feito um gigantesco trabalho de ampliação de leitos, garantindo assistência hospitalar à população. “Parabenizo o secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula, pela reeleição como presidente do CONASS, órgão que vem fazendo um grande trabalho em defesa da vida e da saúde da população”, disse o governador Flávio Dino por meio de suas redes sociais.
E completou: “defendemos as medidas preventivas, acreditamos na ciência, na orientação dos profissionais para que a nossa população possa ter acesso aos serviços de saúde. Todo esse trabalho é coordenado pelo secretário do Maranhão, Carlos Lula, que desde o ano passado preside este Conselho. Tivemos a alegria de saber que ele foi reeleito, como um reconhecimento de que ele tem todas as condições de representar os secretários de saúde de todo o Brasil, exatamente porque está respaldado por esta prática concreta em nosso estado em que temos a menor taxa de letalidade por coronavírus do Brasil”, pontuou o governador ao afirmar que o secretário Carlos Lula continuará sendo uma voz correta, séria, ponderada e responsável para que o Brasil derrote o coronavírus.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens