Fechar
Buscar no Site

Márcio Jerry protocola convocação do ministro para explicar fatos sobre Enem e Sisu

Marcio Jerry quer que ministro esclareça cálculo das notas e o impacto do erro na correção do último Enem


O vice-líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Márcio Jerry (MA), protocolou, nessa terça-feira (4), na Secretaria Geral da Mesa, requerimento de convocação para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, preste esclarecimentos sobre a “gravidade dos fatos no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2019 e no Sistema de Seleção Unificada (Sisu)”.
Segundo Jerry, o cálculo das notas e o impacto do erro na correção do último MEC, inicialmente causado por um problema mecânico na gráfica que imprimiu as provas, fez com que quase 6 mil candidatos tivessem problemas na contagem de suas notas em todo o país. “Os resultados acabaram impactando também o Sisu, o acesso ao Programa Universidade para Todos (Prouni) e ao Programa de Financiamento Estudantil (Fies)”, disse o parlamentar maranhense.
“O calendário educacional de 2020 já está em plena atividade e o MEC ainda não deu respostas para questões de grande relevância para a área, como a definição de repasses para estados e municípios para viabilizar matrícula e merenda de alunos em todo país. A crise permanece e as ocorrências de erros do Enem se sucedem, enquanto o ministro minimiza falhas, ataca a imprensa e brinca com o futuro de milhares de estudantes”, disse.
Antes dos problemas virem à tona, Weintraub chegou a declarar que o Enem de 2019 havia sido “comprovadamente o melhor Enem de todos os tempos, em termos de questões, de execuções”.
“Não teve problema algum aqui dentro do MEC, pouquíssimas ocorrências fora, a maior participação de todos os tempos, um custo bem mais baixo por aluno. Isso que vocês estão vendo no Enem é resultado de boa gestão”, disse, à época. Além do requerimento de Jerry, Alessandro Molon (PSB-RJ) e os dez deputados que compõem a Bancada do PSol na Câmara apresentaram requerimentos exigindo o comparecimento de Weintraub no Plenário da Casa.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens