Fechar
Buscar no Site

Diretores dos órgãos periciais de São Luís e demais polos participam da primeira reunião oficial

Reunião contou com a participação de representantes dos órgãos de perícia da Grande Ilha e da região Tocantina (Foto: Nilson Figueiredo)

Ratificando o cumprimento das Metas do Programa de Governo do governador Flávio Dino, com a criação da Perícia Oficial, essa com autonomia administrativa, orçamentária e financeira, bem como dando ênfase ao processo de interiorização, o perito geral Miguel Alves, juntamente com os assessores da Direção Geral da Perícia Oficial, realizou a primeira reunião administrativa.

O encontro foi realizado na quinta-feira (6), na sede da Direção Geral de Perícia, localizada no prédio da SSP, contando com a presença do perito geral Miguel Alves, assessores da Direção Geral da Perícia, coordenadores de Perícia da Grande Ilha e do interior; diretores dos Órgãos Periciais da Grande Ilha (Icrim, IML, Ident, Ilaf, IGF e IPCA); e, por videoconferência, com o diretor regional de Perícia da Região Tocantina, diretor e equipe de encarregados do Icrim de Imperatriz.

O encontro teve por objetivo consolidar o cumprimento da meta do Programa de Governo do governador Flávio Dino, com a instituição da Perícia Oficial do Maranhão. Dentre os pontos destacados: a autonomia administrativa, orçamentária e financeira; processo de interiorização; apresentação da nova organização da Perícia Oficial; apresentação dos novos gestores; elaboração de projetos para viabilização de recursos do Fundo Estadual de Segurança Pública; interação com os peritos criminais do Maranhão que atuam na Senasp.

Segundo o perito geral Miguel Alves, a reunião foi importante para apresentar e manter em contato direto todos os gestores, bem como alinhar as necessidades e os trabalhos desenvolvidos pela Perícia Oficial do Maranhão com as diretrizes da Secretaria de Segurança Pública, com destaque para a contínua integração entre as forças de segurança pública fortalecendo o combate ao crime no nosso estado.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens