Fechar
Buscar no Site

13 parlamentares da bancada do Maranhão lamentam declarações do presidente Bolsonaro

Dois dos três senadores e 11 dos 18 deputados federais da Bancada do Maranhão lamentaram, nesse sábado (20), em nota, as declarações do presidente Jair Bolsonaro em relação ao Maranhão e ao governador Flávio Dino. “Não é admissível que um Presidente da República determine a um ministro de Estado perseguição a um ente federado e, por consequência ao seu povo, por questões políticas”, afirmam.

Eis a íntegra da nota:

Os deputados e senadores abaixo vêm a público lamentar as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, em relação ao Maranhão e ao seu governador, Flávio Dino.

Não é aceitável na democracia que um Presidente da República determine a um ministro de Estado perseguição a um ente federado, e, por consequência, ao seu povo, por questões políticas. Esperamos do ExmoSr Presidente uma atitude de respeito aos brasileiros e brasileiras que residem no Maranhão.

Toda nossa solidariedade ao Governador Flávio Dino, que realiza um trabalho por todos reconhecido, especialmente pelo querido povo maranhense que também temos a honra de representar.

São Luís, 19 de julho de 2019

Weverton Rocha (PDT), senador

Eliziane Gama (Cidadania), senadora

Juscelino Filho (DEM), coordenador da bancada federal MA

Cléber Verde (PRB), deputado federal

Gastão Vieira (PROS), deputado federal

André Fufuca (PP), deputado federal

Zé Carlos (PT), deputado federal

Bira do Pindaré (PSB), deputado federal

Gil Cutrim (PDT), deputado federal

Marreca Filho (Patriotas), deputado federal

Márcio Jerry (PCdoB), deputado federal

Júnior Lourenço (PL), deputado federal

Pedro Lucas Fernandes (PTB), deputado federal

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens