Fechar
Buscar no Site

‘Morto-vivo’ garantiu, há duas décadas, a eleição de Roseana contra Cafeteira

Por Manoel Santos Neto – O surgimento de um estranho vídeo na internet, no qual um detento de Pedrinhas acusa o candidato a governador Flávio Dino (PCdoB), de comandar uma quadrilha especializada em assalto a bancos e tráfico de drogas, serviu para trazer de volta ao debate político a maior farsa eleitoral da história recente do Maranhão: o famigerado ‘Caso Reis Pacheco’.

A farsa é a seguinte: às vésperas do segundo turno da eleição para governador do Maranhão, em novembro de 1994, um tal de Anacleto Reis Pacheco apareceu na televisão, no horário eleitoral, acusando o então candidato a governador, Epitácio Cafeteira, de ser mandante do assassinato de um ex-funcionário da Vale do Rio Doce, José Raimundo dos Reis Pacheco.

A denúncia, ecoada nos programas eleitorais, teve efeito avassalador. A então candidata do PFL, Roseana Sarney, que estava 12 pontos atrás de Cafeteira, disparou nas pesquisas e ganhou a eleição com vantagem de 1% dos votos. “Essa calúnia foi decisiva para eu perder aquela eleição”, relembra Cafeteira em reportagem publicada pela revista Veja em novembro de 2001.

A farsa foi desmascarada em seguida, quando o “assassinado” José Raimundo dos Reis Pacheco apareceu em público gozando de plena saúde. Ele estava morando em Monte Dourado, no Pará, onde trabalhava no Projeto Jari. As investigações revelaram que o advogado Miguel Cavalcanti Neto participara da farsa. Ele recebeu o denunciante, o tal Anacleto, e encaminhou a denúncia à Justiça, produzindo a peça jurídica que Roseana exploraria nos dias finais de campanha.

O advogado, no entanto, sempre negou que soubesse que o assassinato era uma fraude. No depoimento de abril de 1998, pela primeira vez, o advogado deu um dado adicional. Disse que abriu as portas de seu escritório para o falso denunciante a pedido de José Sarney. “Ele me ligou e me pediu que recebesse esse tal Anacleto. Foi o que eu fiz”, diz.
Irritadíssimo, Sarney admitiu à Veja, em novembro de 2001, que conhecia o advogado, mas negou que lhe tenha feito o pedido. “Nunca recomendei ninguém a ele, não tive nenhuma influência nisso”, dissera Sarney à Veja. O ex-presidente acrescentara que o advogado era um “estelionatário condenado” e que podia estar querendo chantageá-lo com a acusação.

Miguel Cavalcanti Neto, de fato, teve problemas com a polícia. Em junho de 1994, chegou a ser preso e, mais tarde, acabou sentenciado à prisão domiciliar sob acusação de ter desviado dinheiro de contas particulares numa agência do Banco do Brasil em Fortaleza.

‘Vale-tudo’ no segundo turno – Mesmo com o jogo pesado, que teve também o chamado escândalo da ‘Operação Granville’, Roseana Sarney não conseguiu vencer a eleição de 1994, no primeiro turno, realizada no dia 3 de outubro. Ela obtivera 541.005 votos (47,18%) contra 353.032 votos (30,79%) de Epitácio Cafeteira (PPR) e 231.528 votos (20,19%) de Jackson Lago (PDT). O então candidato do PSTU, Francisco das Chagas, ficou em quarto lugar com 21.061 votos (1,84%).

Para vencer no segundo turno, os adversários do hoje senador Cafeteira começaram a articular uma estratégia com o objetivo de massacrá-lo perante a opinião pública. Criaram um roteiro com o propósito de lhe atribuir um crime de homicídio e de ocultação de cadáver. Para isso não relutaram em cometer uma série de crimes, começando pela falsificação de documento público para criar um personagem fictício, um falso irmão do suposto morto, chamado Anacleto Reis Pacheco. Este falso irmão denunciou no Supremo Tribunal Federal (STF) que o senador Cafeteira teria mandado matar seu irmão, no crime definido como denunciação caluniosa.

Em sua coluna semanal, publicada na edição de seu jornal, no dia 6 de 6 de novembro, o senador Sarney tratou de disseminar a patranha. No artigo “Liberdade e Reis Pacheco”, começou a “plantar” a história de que o senador Cafeteira teria mandado matar o cidadão Raimundo Reis Pacheco, então funcionário da CVRD, que, num acidente de trânsito, teria matado seu sogro, o conselheiro Hilton Rodrigues.

Já na segunda-feira, 7 de novembro, a história ganhava o mundo, entrevistas em TV na região tocantina, panfletos etc. Aos oposicionistas restava – nos dias que faltavam para a eleição –, desmontar a farsa. Os deputados Aderson Lago e Juarez Medeiros (este, candidato a vice-governador) conseguiram localizar a mãe do suposto morto, que questionada, informou jamais ter parido um filho com o nome do denunciante ao STF.

Em seguida, localizaram o “morto” no Amapá, que gravou um depoimento dizendo que a história do crime jamais existira, que ele estava vivo e em boa saúde. O programa eleitoral que deveria desmascarar a farsa não chegou a ser exibido em 40% (quarenta por cento) do Estado.

O advogado Abdon Marinho, que na época acompanhou o caso, lembra que a construção da farsa foi feita com precisão cronometrada. Dia 6, o senador divulgou a mentira; dia 7 a noticia foi difundida por todo o estado; dia 8 o falso irmão do falso morto bate às portas do Judiciário. No Maranhão, naqueles idos, não havia internet, celulares e todos os demais meios eletrônicos e midiáticos que existem hoje. A comunicação era feita só por telefone fixo, onde havia, rádio e TV.

O resultado da eleição, dentre outros motivos, foi alterado por essa farsa, marcada pela ousadia dos autores em falsificar documento público, constituir um advogado e levar uma falsa denúncia à instância máxima da Justiça, contra um senador da República.

Nos anais da Assembleia Legislativa do Estado, consta o discurso do então deputado Juarez Medeiros em que ele narra todo o episódio ocorrido; foi seu penúltimo discurso proferido como parlamentar. Nele uma clara exposição de todo o crime que se comete para conquistar o poder.

O título escolhido para o discurso foi: “Sarney é marginal”. No dia que foi proferido, o plenário da Assembleia Legislativa, maioritariamente governista, calou-se para escutá-lo no grande expediente, durante todo o tempo, nenhum aparte, nenhuma contestação ao que era dito.

O episódio conhecido como “Reis Pacheco” fez a história do Maranhão ser modificada pela baixaria perpetrada naquela eleição. A farsa e outros fatos tiraram a vitória de Cafeteira. A liberdade – slogan da campanha oposicionista –, perdeu para a fraude e a farsa.

A Justiça Eleitoral proclamou o resultado do segundo turno daquela eleição, realizada em 15 de novembro de 1994: Roseana Sarney (PFL) eleita com 753.901 votos (50,61%) contra os 735.841 votos (49,39%) dados a Epitácio Cafeteira (PPR).

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

10 respostas para “‘Morto-vivo’ garantiu, há duas décadas, a eleição de Roseana contra Cafeteira”

  1. O JUSTO e os sonhos deles é voltar a colocar ás mãos nas chaves dos cofres público disse:

    Esses pessoal são tinhosos, eles fazem de tudo para está nos poderes, são capazes de tudo para pegar ás chaves dos cofres público e, viver de maneira que eles querem, usando e abusando das pessoas sem nem se importar se isso irá destruir vidas ou pessoas e até famílias. E ainda tem ás caras de paus de emitir notas em solidariedades a Cafeteira, eles são daqueles, que matam ás pessoas e ainda vão chorar nos velórios, Cafeteira sempre foi uma pessoa correta, procurava sempre ajudar os maranhenses, mais teve os adversários malvados e mal intencionados que faziam de tudo para lhe dá ás rasteiras, lhe atrapalhando com falsas acusações, e lhe tomando na marra ás oportunidades de trabalhar e ajudar o seu POVO sofrido. essas e outras histórias narradas nos faz pensar que temos que ficar atentos vinte e quatro horas por dia, é como disse jesus Cristo, fiqueis atentos, pois nunca saberás quando os inimigos vão atacar, portanto, nas políticas tudo e na vida tudo poderá acontecer, principalmente quando se peleja contra uma oligarquia perversa e imunda, que só pensam em se dá bem. eles são capazes de tudo que se pode imaginar, só para ter os poderes e ás chaves dos cofres público nas mãos, cambada de usurpadores, que fique de olhos os adversários políticos , até outubro próximo muitas coisas absurdas poderão acontecer, se faz necessários ficarmos atentos e preparados para vencermos os inimigos do POVO do Maranhão.

  2. Marco Antonio Crarvalho Diniz disse:

    Eleição “mais fácil do Maranhão” teve Sarney apoiando Cafeteira para o governo ( POSTAGEM DE UM BLOG)

    NÃO É BEM ASSIM; MAS UMA VEZ JOSÉ ( O SARNEY ) PEGOU UMA CARONA NO BONDE DA HISTÓRIA . PORQUE CAFETEIRA (O EPITÁCIO), POR SI SÓ – SE ELEGERIA GOVERNADOR DO MARANHÃO EM 1986. E COMO JOSÉ RIBAMAR FERREIRA DE ARAUJO COSTA NUNCA PERDE UMA OPORTUNIDADE, EM 1990 – O IMPOPULAR EX-PRESIDENTE (À ÉPOCA) SABIA QUE (PESSOALMENTE) PERDERIA A DISPUTA PELO SENADO ( 1 VAGA APENAS) – PARA O MESMO CAFETEIRA . ENTÃO, COM A SUA LEVEZA POLÍTICA CRIOU UM ESTÓRIA, DE QUE CID CARVALHO, COMO HISTÓRICO, VETOU SEU NOME NO PMDB NAQUELE ANO. E POR ISSO MIGROU OBRIGATORIAMENTE PARA O AMAPÁ.

    PENSO QUE ANTEVISÃO DA “VELHA RAPOSA” FEZ COM QUE A MESMA GERMINASSE E ADUBASSE , PARA POSTERIORMENTE SARNEIBOREAR OS FRUTOS DA CRIAÇÃO DO NOVO ESTADO -, POR MAIS DE VINTE ANOS…. SÓ ACENANDO E “SENANDO” – É CLARO !

    E SÓ PARA REGISTRAR, NO ANO ANTERIOR -, OU SEJA, EM 1985: “ESSE MÁRCIO JERRY” e “ESSE FLAVIO DINO” DEIXAVAM “ESSE PC do B” – alegando duplamente que não aceitavam o Partidão apoiar o CANDIDATO FORÇA TOTAL ( o Jaime Santana ) para a Prefeitura de São Luis – pois o mesmo era candidato do tachado Grupo Sarney . Na realidade, Batmam e Robin já estavam querendo uma desculpa para ingressar no Partido dos Trabalhadores ( À ÉPOCA
    SINÔNIMO DE INTELECTUALISMO POLÍTICO: RETÓRICA )….. (…)

    Marco Antonio Carvalho Diniz

  3. Mandioca disse:

    E aqui, um MORTO-MORTO que em vida se CHAMAVA MARIANO e que foi BRAÇO DIREITO da quadrilha de dino na MAIOR ORCRIM que implantaram neste mais do que miserável e fudi… estado irá ENTERRAR EM DEFINITIVO a carreira politica de UM FARSANTE.
    O corpo ainda quente que jaz nas alcovas do Palácio dos Leões AINDA está insepulto.

  4. Cabe a todos os eleitores cuidar bem da ÚNICA FORÇA que possuem= o VOTO —“””-VOTAR FICHA LIMPA “””daça como a VELHA PPP, vomitando MERDAS pela cloaca em troca de UM SALÁRIO MÍNIMO=== SEMPRE— AS NOVAS OLIGARQUIAS DE BANDIDOS VESTIDOS DE VERMELHO, seja no MARANHÃO, PARÁ OU em JOÃO LISBOA de onde saiu grande parte do ROUBO que sustentou o canalha vermelho==o único objetivo é apossar do COFRE DO ESTADO e torna-se cada vez mais BILIONÁRIOS –com apartamento em NEW YORK — e a velha PPP morrendo de fome ganhando UM SÓ SALÁRIO MÍNIMO para vomitar merdas pela cloaca////milhões de dólares—apartamento em MIAMI –milhões de dólares ,fora os bilhões bem guardados nos paraísos fiscais . Essa RAÇA DE RATÕES E RATAZANAS, seja o TOM ou o JERRY — de dinheiro público tem muita sorte, mas muita sorte mesmo , SUICIDARAM O MÉDICO MARIANO ,sorte, sorte —a justiça não os alcança –NUNCA— MESMO flagrados com CEM MILHÕES em contrabando de BEBIDAS, ARMAS, e DROGAS==o DELEGADO DA POLICIA FEDERAL que investigava a QUADRILHA do CUBA foi ASSASSINADO…. OU NÃO???? …e quando aparece pela centésima vez uma doença mortal _ mortal para o cidadão de bem —-mas para os ratões e ratazanas, TOM e JERRY …… tiram de letra , voltam do hospital sírio libanês – JÁ QUE O DINHEIRO DA SAÚDE foi ROUBADO e MAT o pbre do MARIANO – ROSANGELA CURADO está ESCONDIDA ????? curados—prontos , não só ROSANGELA CURADO ====para a …ladroagem eterna … outra coisa são longevos, vivem até os 120 anos numa boa ……os BARROSOS NÃO MORREM, NÃO DÃO MOTIVOS PARA FESTAS EM COLINAS//// E OS DINOS?????? …..CABE A NÓS , SIMPLES MORTAIS ELEITORES , FAZER NOSSA PARTE —-QUAL PARTE ??????? resposta = VOTAR FICHA LIMPA 2018 — nd DE cuba, nada DE piroquinha adeus oligarquia vermelha, adeus ratões e ratazanas , sejaa TOM OU SEJA JERRY– milhões / bilhões de dinheiro público —adeus , para sempre adeus . VEJAM MARANHENSES DO BEM , VEJAM BRASILEIROS DO BEM,r COMO É FÁCIL , SUPER FÁCIL –PELO MENOS ==ESPANTAR= OS RATÕES E RATAZANAS, SEJA TOM oi JERRY —- todos os ratões e ratazanas TOM ou JERRY, vão seguir seu LIFE STYLE ( estilo de vida ) passando longas temporadas em miami, new york, no inverno vão esquiar na suiça e aproveitar para checar os kilométricos extratos bancários , ( quem sabe o MINISTÉRIO PÚBLICO SUÍÇO ….. BLOQUEOU OS BILHÕES ……..??????) E A VIDA SEGUE —-TUDO IMPUNE, LIVRES , LEVES E SOLTOS —-mas o nosso objetivo será alcançado ====PROTEGER O COFRE PÚBLICO DOS –ETERNOS- RATÕES E RATAZANAS, seja TIM ou JERRY, de sempre.====CABE SOMENTE A NÓS E NOSSOS VOTOS EM FICHA LIMPA—-NADA de CUBA,,, nem de PIROQUINHA, esse VAGABUNDO é FICHA IMUNDA.( um pouco de vergonha na cara também faz bem mesmo sendo um BONECO PINOQUIO ( ou DINOQUIO ), pois é inacreditável alguém AINDA VOTAR NA nova OLIGARQUIAS VERMELHA—NOS ETERNOS RATÕES JERRY E ETERNAS RATAZANAS JERRY DE DINHEIRO PÚBLICO —-vamos ter VERGONHA –VERGONHA NA NOSSA CARA —-FAZ BEM PARA NÓS —NÓS –NÓS , mesmo sendo PPP e vomitando MERDAS pela CLOACA.

  5. Raimundo paixão disse:

    Bom dia a todos povo do nosso Maranhão: jovens e dolescentes façam uma pergunta bem básica para os seus pais e avós a seguinte pergunta o que eles conseguiram nos governos da família Sarney.quantos projetos sociais, saúde, infraestrutura habitacional, projetos para o agricultor, infraestrutura e pavimentação de estradas e cidades, segurança pública e pergunte a eles quantos filhos eles conseguiram formar esses períodos pergunte se tinha asfalto na cidade onde mora ou morava, faça essas perguntas simples????

  6. Ribamar disse:

    Voces pra se manterem no poder não tem respeito nem por defunto
    Respeito a dor alheio bando de puxa sacos

  7. Fabinho disse:

    Essa oligarquia do mal sempre jogará sujo como é o estilo deles, são capazes de vender a alma ao diabo se n já fizeram,mais Deus é grande e Dino vai se reeleger

  8. Leomar disse:

    Todos o maranhenses do bem —todos os maranhenses DECENTES –DEVERIAM LER O EXCELENTE E ABSOLUTAMENTE VERDADEIRO COMENTÁRIO DO ===O JUSTO ===ACIMA —-FALOU A VERDADE TOTAL —-NÓS MARANHENSES DO BEM, DECENTES TEMOS ====VERGONHA====DESSE PASSADO TENEBROSO , MAL DAS TREVAS DESSES ABUTRES QUE DOMINARAM O MARANHÃO POR 50 LONGOS ANOS—- todo cuidado com as trevas, demo, bruxarias, bruxos a peso de ouro, ouro, ouro ( ouro roubado do povo ) todo cuidade é pouco —-FÉ EM DEUS E NO PODER MAIOR —DEUS PODEROSO VENCEDOR DO MAL PARA SEMPRE—– parabéns o O JUSTO pelo excelente comentário—agradecemos .

  9. AFONSO disse:

    essa OLIGARQUIA SARNA —essa ROSE ENGANA aproveitem a sorte e vão viver em MIAMI –a cidade ideal para milionários desfrutarem a riqueza adquirida sabe DEUS como— mas MIAMI não está interessada na origem da riqueza e sim nos gastos dos milionários — depois no final terão que encontrar com a JUSTIÇA DE DEUS —aí sim DEUS VAI PUNIR POIS SABE MUITO BEM DA ORIGEM DA RIQUEZA —não tem como enganar a DEUS —a moenda divina os aguarda para a punição , o pagamento do MAL plantado …..enquanto não vem a PUNIÇÃO DIVINA —–ladrões/ladronas/ratões/ratazanas de milhões de dinheiro público —aproveitam MIAMI. depois…..o inferno os aguardam .

  10. JORGE disse:

    RECORDAR É VIVER E VOMITAR DIANTE DE TAMANHA PODRIDÃO —PODRIDÃO QUE NÃO APODRECE ……..NÃO APODRECE ………. PODRIDÃO ETERNA ???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens