Fechar
Buscar no Site

Alunos da Escola Sesi São Luís são aprovados no Enem

Os alunos do Novo Ensino Médio Sesi e o professor Luís Fernando (Física/CNC/F1 in Schools) (Foto: Divulgação)

A Escola Sesi São Luís comemora a aprovação no Enem dos alunos do 3º ano do Ensino Médio, que compõem a escuderia Spartacus 1ª Geração da F1 in Schools.

A aluna Mirella Santos foi aprovada no Curso Medicina Veterinária na Universidade Federal da Bahia (Ufba); André Santos, em Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT), na Universidade Federal do Maranhão (Ufma); Thiago Silva passou em Economia na Ufma e Letícia Santala para Letras Universidade Estadual do Maranhão (Uema) e Ufma; Eric Lopes conquistou uma vaga no Curso de Engenharia Elétrica no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Ifma); Lohanna Floriano, em Física no Ifma e Lucas Corte, em Matemática na Ufma.

Na F1 in Schools, os alunos do Sesi encaram o grande desafio de projetarem uma empresa e o protótipo de carros de Fórmula 1, além de poder sentir toda a experiência e emoções de uma corrida durante a disputa.

A competição envolve alunos de 11 a 19 anos que tem a oportunidade de desenvolver talentos e conhecer assuntos ligados a Engenharia, Marketing, Design, Tecnologia, Gestão de Projetos, Mídias Sociais e Engajamento Social. Além disso, as escuderias desenvolvem um Projeto Social voltado para sustentabilidade, inovação e tecnologia que colabore em melhorias para a vida do homem e do planeta Terra.

O professor de Física e técnico de F1 in schools, Luís Fernando Silva disse que os estudantes também cultivam habilidades para a vida profissional de forma dinâmica, lúdica com interatividade em situações espelhadas em problemas reais. “Há também uma grande conexão multidisciplinar nas áreas de Física, Química, Matemática, Artes, Inglês etc., o que auxilia na preparação para o vestibular. Constituindo um valor ético profissional, moral e social”.

O Sesi é a única Escola do Maranhão que realiza o Projeto F1 in Schools. “Temos 2 anos de Projeto F1 in Schools e os resultados são expressivos. A F1 traz um excelente valor moral e ético para a educação dos jovens, aproxima os pais da escola. As nossas metodologias são inovadoras, pois incentivamos os alunos a fazerem pesquisas e estudos em diversos softwares de Engenharia (Auto Desk 3D Fusion 360)”, explicou o professor.

A competidora Mirella Santos expressou a alegria em ter conquistado reconhecimento nacional. “A minha equipe conquistou um troféu de melhor espírito esportivo em 2020 no Nacional, que aconteceu no Ibirapuera em São Paulo, e significou muito para nós, porque tivemos o nosso esforço reconhecido nacionalmente”.

Hoje, Mirella também comemora a aprovação no Enem para o Curso de Medicina Veterinária na Universidade Estadual do Maranhão (Uema), e considera que a participação no projeto do Sesi contribui para a aprovação no vestibular. “Estar na F1 e na Spartacus me ajudou a lidar com situações inconvenientes que a gente não esperava e me deu essa aptidão mental. Isso me ajudou muito no vestibular porque a prova não é só estudar o conteúdo, tem a condição da mente, sabe? Tem que saber lidar consigo mesmo”.

Cada membro da equipe tem uma função com um objetivo. O estudante André Santos, gestor da Spartacus, também festeja a aprovação Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT) em engenharia – Ufma. Estudante do Sesi desde o 1º ano do fundamental I, ele lista os benefícios que colheu participando da competição. “Eu fui gestor da minha equipe e aprendi a gerenciar bem mais o meu tempo e outras atividades da minha vida e isso me ajudou a me organizar e saber o que é prioridade. A família Sesi me ajudou a conquistar o conhecimento que tenho hoje e a ter passado no Enem”.

HISTÓRIA DA ESCUDERIA

A escuderia maranhense Spartacus foi montada em janeiro de 2020 com os alunos do Novo Ensino Médio e o professor Luís Fernando (Física/CNC/F1 in Schools). O nome Spartacus foi escolhido pelos alunos, que se consideravam guerreiros e vitoriosos.

“Como o projeto, iniciou em janeiro e a competição foi em março de 2020 não tivemos muito tempo e, ainda assim, conseguimos um grande Prêmio Nacional (Espírito Esportivo 2020). Com muito desempenho dos Jovens, apoio da Família e Sesi, hoje os jovens deixam um legado para a 2ª Geração da Spartacus”, celebrou Luís Fernando.

A competição F1 in Schools, que nasceu no Reino Unido e está presente em 40 países, tem a finalidade de estimular a interação entre os alunos de maneira prática e lúdica. Os estudantes têm a oportunidade de aprender assuntos relativos à engenharia, aerodinâmica, desenvolvimento de protótipos, e criação e organização de orçamentos.

Em 2022, as competições regionais serão realizadas nos dias 8 e 9 de abril em São Luís – MA. Já a Nacional de F1 in Schools no período de 27 a 29 de maio na cidade de São Paulo.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens