Fechar
Buscar no Site

Amclam realiza sessão para posse de novos acadêmicos

Ministro do STJ Reynaldo da Fonseca, acadêmico Castro (Desembargador TJMA), coronel Furtado, professor José Augusto, desembargador Federal João Batista e acadêmico Veloso (juiz federal) (Foto: J. Roberto)

A Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares (Amclam) “Casa do Brigadeiro Falcão” realizou, na última sexta-feira (19), uma concorrida Sessão de Posse dos Acadêmicos José Augusto Silva Oliveira, José de Ribamar Castro e Roberto Carvalho Veloso, eleitos pela Assembleia Geral de 29 de outubro de 2020. O evento aconteceu na Casa de Eventos Gree Palace, no Parque Atlântico.

A solenidade iniciou-se com a entrada dos acadêmicos acompanhados de suas consortes, os quais tomaram assento em lugares de destaque. Compuseram a mesa de honra o presidente da Amclam, acadêmico Carlos Augusto Furtado Moreira que presidiu os trabalhos; o ministro do Superior Tribunal de Justiça, Dr. Reynaldo Soares da Fonseca; o desembargador federal, Dr. João Batista Gomes Moreira; o primeiro secretário do sodalício, acadêmico Carlos Frank Pinheiro Oliveira, complementada posteriormente pelos acadêmicos empossandos que adentraram ao salão acompanhados por acadêmicos designados pelo presidente.

AMCLAM

A Academia Maranhense de Ciências, Letras e Artes Militares é um sodalício cultural misto, cujos membros integrantes fazem parte da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) e outras personalidades maranhenses que com estas instituições, possuem laços fraternos de amizade, todos possuidores de habilidades nas ciências sociais, letras e artes. Fundada em 31/05/2018, objetiva: I – Estimular, reconhecer, fomentar e valorizar a ciência, letras e artes em todos os níveis; II – Incentivar e motivar os militares estaduais na produção de obras científicas, literárias e artísticas; III – Desenvolver o viés artístico em todos os gêneros; IV – Resgatar e ampliar a história das Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão; V – Defender e perpetuar as tradições militares, maranhenses e brasileiras; VI – Cultuar o vernáculo, a literatura e arte nacional; VII – Promover parcerias constantes e fraternas com as instituições e sodalícios da literatura e da cultura e da arte e VIII – Intercambiar com centros de atividades culturais brasileiros e internacionais.

OS ACADÊMICOS EMPOSSANDOS

Professor José Augusto Silva Oliveira é graduado em Engenharia Agronômica com especialização em Comercialização e Financiamento Agrícola, Mestrado em Economia Rural. É membro do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão, onde foi seu presidente, integra outros Sodalícios. É casado com a senhora Aidê Duarte Oliveira, professor universitário e autor de várias produções e ocupara a cadeira nº 35, patroneada pelo Marechal Luís Alves de Lima e Silva, O Duque de Caxias.

Desembargador José de Ribamar Castro é graduado em Filosofia e Direito com especialização em Filosofia Contemporânea e Direito Processual Civil. Possui ainda pós-graduação em Teologia Bíblica e Atualização em Pedagogia; Pensamento Franciscano e Experiência em Pensamento Franciscano. É Professor Universitário aposentado, foi juiz de direito com atuação em várias Comarcas do Estado do Maranhão e atualmente é Desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão. Casado com a Sra. Maria Violeta Lima Castro, é membro da Academia Pinheirense de Letras, Artes e Ciências (Aplac), tendo publicado as seguintes obras: Apontamentos de Organização Social e Política; Lampejos Medievais; Biografia de José Maria de Jesus Marques; Tutela Antecipada e Breves Considerações Históricas sobre a Justiça Militar no Maranhão; Matrimônio como sacramento – abordagens das circunstâncias impeditivas passíveis de nulidade.

O juiz Roberto Carvalho Veloso é graduado em Direito; mestre em Direito e doutor em Direito. É professor e pesquisador do UniCeuma; professor associado da Universidade Federal do Maranhão; professor colaborador da Universidade Autónoma de Lisboa/Portugal; coordenador do Mestrado em Direito da Ufma; membro do Conselho Superior da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) e juiz federal no Maranhão. É casado com a senhora Mônica Maria dos Santos Rezende Veloso e autor do livro Crimes Tributários (2011); autor de capítulos de vários livros publicados; autor de vários artigos publicados em periódicos e revistas; organizador de várias obras.

Utilizando da palavra o presidente Carlos Furtado fez a abertura dos trabalhos, declarando aberta a Sessão Solene, para em seguida convidar a senhora Maria Violeta Lima Castro, consorte do acadêmico empossando desembargador Castro, mais experiente entre as três consortes, para proceder o acendimento das luzes da sabedoria: ritual onde três luzes, com significados especiais são acesas: amarela que propicia alegria, calor, movimento e criatividade. Desenvolve a arte, a literatura e as ideias. Branca – propicia pureza, paz de espírito e tranquilidade. Fortalece a segurança e a estabilidade e azul – além de também propiciar tranquilidade, atrai prosperidade e abre os caminhos no campo profissional.

Em continuidade, os cadetes da Academia de Polícia Militar Gonçalves Dias da Polícia Militar do Maranhão entronizaram o Pavilhão Nacional, a Bandeira do Estado do Maranhão e o Estandarte da Amclam ao som do Hino Nacional.

O major Leonardo Oliveira e sua esposa Glenda Oliveira; apadrinharam o professor José Augusto.

A senhora Miriam Raquel, filha e as netas, amadrinharam o desembargador Castro.

A senhora Mônica Maria dos Santos Rezende Veloso, esposa, amadrinhou o juiz federal Roberto Veloso.

Na sequência ocorreu a diplomação, o juramento e a posse dos acadêmicos que foram saudados pelo Acadêmico Paulo Silvestre Avelar Silva, o qual sintetizou a grandiosidade da vida e obra dos empossandos, enaltecendo suas virtudes e qualidades morais. Por sua vez, representando os empossandos, usou da palavra o Acadêmico José Augusto Silva Oliveira para externar os agradecimentos.

Por fim voltou a fazer uso da palavra, o presidente, acadêmico Carlos Furtado que registrou o enriquecimento e o reforço que a Amclam recebe com a posse dos três novos membros que se juntam a um grupo seleto de personalidades civis e militares, relembrando que o Sodalício recebeu duas condecorações que demonstram a grandeza da instituição, apesar de sua jovialidade (ainda a completar quatro anos), a Academia que mais se destacou no ano de 2019, conferido pela Coluna VIP do Jornal Pequeno na Noite das Personalidades e Destaque do Ano de 2021, conferido agora em 2021 pela Federação Brasileira das Academias das Ciências, Letras e Artes, no III Encontro Nacional das Academias de Letras, ocorrido nos dias 29 e 30 em São Luís.

O apagamento das luzes da sabedoria coube a senhora Mônica Veloso, para em seguida os registros das fotos oficiais. O ministro Reynaldo da Fonseca falou: foi uma festa magnifica, uma solenidade maravilhosa que mostra a pujança da Casa do Brigadeiro Falcão.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens