Fechar
Buscar no Site

Vice-governador faz vistoria técnica na Estrada de Santana

Carlos Brandão fez a vistoria e conversou com moradores da região

Na manhã da última quinta-feira (18), o vice-governador Carlos Brandão, em companhia do presidente da Agência Executiva Metropolitana (Agem), Lívio Corrêa, realizou uma visita técnica à Estrada de Santana. Além disso, foram levantadas demandas junto a representantes dos moradores da região.

A Estrada de Santana faz divisa entre São Luís e São José de Ribamar, com funções coletora e distribuidora de tráfego na área, além de funcionar como ligação entre bairros. Diante da importância da via, a Agem fez um levantamento dos problemas, que, agora, foram avaliados in loco pelo vice-governador Carlos Brandão. “Neste momento estamos analisando de perto e apresentando soluções para o que foi detectado”, enfatizou Brandão, em conversa com moradores.

Segundo Lívio Corrêa, o relatório inicial produzido pela Agência Executiva Metropolitana foi de reconhecimento do espaço e detectou que existem problemas que se enquadram em categorias das mais simples às mais complexas. “Desde a ausência de conservação da via, até as mais problemáticas, como as que demandam a construção de um sistema de drenagem profunda”, revelou.

Lívio Corrêa afirmou que a próxima etapa é a realização de uma análise de orçamento. “Só a partir de então teremos condições de avaliar as possibilidades de execução dos serviços”, destacou.

ANÁLISE

Ao todo, a análise feita pela Agem enquadra uma área de 2,5 quilômetros de extensão, trecho compreendido na intersecção com a Avenida da Mata com a bifurcação nas imediações da área conhecida como Espaço Shekinah. Nesta região, foi verificada a necessidade de ações relacionadas à pavimentação asfáltica, terraplenagem, drenagem superficial e profunda, recuperação e construção de passeios (calçadas) e sinalização.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens