Fechar
Buscar no Site

Governo constrói galpão para balanceiros da Feira do Portinho

Os serviços estão sendo acompanhados diariamente pelo presidente da Agem, Lívio Corrêa

O governo do Estado iniciou no mês de outubro os serviços de construção de um Entreposto Pesqueiro que revitalizará e dará segurança a vendedores e consumidores da Feira do Portinho, um dos principais centros de comercialização de peixes e mariscos de São Luís. A obra está sob a responsabilidade da Agência Executiva Metropolitana (Agem), em parceria com a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid).

Entretanto, até que os trabalhos sejam concluídos, foi necessário incluir no projeto uma área para que os balanceiros pudessem continuar a desenvolver suas atividades, que é a de receber e repassar os pescados para os vendedores do Portinho. É exatamente essa a função do galpão temporário que está sendo construído na área lateral ao mercado.

O galpão temporário abrigará 120 balanceiros, com telhado metálico e piso em concreto. “Neste espaço, eles terão maior segurança para desenvolver as atividades que eles atualmente realizam em uma área inadequada, o que garante mais segurança para eles e para os consumidores”, destacou o presidente da Agem, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Segundo ele, o galpão deve ficar pronto e ser entregue até o final deste mês.

CARGA E DESCARGA

Outro setor que faz parte do complexo do Entreposto Pesqueiro é o chamado trapiche, espaço próximo à área onde os barcos fazem a carga e descarga de pescados já está finalizado. Foi construído em madeira, com altura adequada ao que a maré alcança quando está cheia.

Trapiche já está sendo utilizado pelos pescadores para carga e descarga

OBRA

O Entreposto Pesqueiro terá, no total, 12.314,70m². Os serviços incluem drenagem; fundações e superestrutura em concreto armado; pavimentação; vedações, pisos e revestimentos; cobertura em estrutura
metálica; instalações hidráulicas, sanitárias e elétricas; reservatório de água; sistema de combate a incêndio; para-raios; pintura; paisagismo e estacionamento, além de espaço para administração e banheiros. Ao todo, o investimento é de R$ 17.029.279,00.

A obra irá beneficiar, diretamente, 112 feirantes, sendo 80 marisqueiros; 12 vendedores de hortaliças; seis tratadores e 12 no ramo de lanchonetes. “Com certeza, com a nova estrutura, conseguiremos atrair ainda mais clientes, o que vai ser bom para todos nós que tiramos nossa fonte de renda da comercialização de pescados”, destaca o presidente da Associação dos Distribuidores de Pescados e Mariscos de São Luís (ADPMASL), Manoel Paixão. O prazo para execução da obra é de 10 meses.

Os serviços de construção do Entreposto Pesqueiro iniciaram em outubro

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Governo constrói galpão para balanceiros da Feira do Portinho”

  1. Reynaldo Pinto Filho disse:

    Uma verdadeira obra que precisava ser feita com urgência para acabar com a péssima paisagem de sujeira,contaminação na manipulação e urubus,que chamavam atenção de todos que ali passavam,principalmente dos turistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens