Fechar
Buscar no Site

Especialista destaca a energia solar para a sustentabilidade do planeta

De acordo com a bióloga e mestre, opção por essa fonte de energia pode reduzir a conta de luz em até 95%


A discussão sobre a preservação do meio ambiente e a busca de recursos renováveis tornaram-se pautas permanentes, incluindo o setor de energia. O aumento do consumo de energia elétrica tem sido causa de preocupação entre especialistas que alertam sobre a sobrecarga de todo o sistema e o impacto ambiental ao meio ambiente.

A Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama 001/1986) considera impacto ambiental qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia resultante das atividades humanas que, direta ou indiretamente, afetam: a saúde, a segurança e o bem-estar da população; as atividades sociais e econômicas; a biota; a qualidade dos recursos ambientais.

“Este documento estabelece as definições, as responsabilidades, os critérios básicos e as diretrizes gerais para uso e implementação da Avaliação de Impacto Ambiental como um dos instrumentos da Política Nacional do Meio Ambiente”, explicou a mestre em Geologia e professora do curso de Engenharia Ambiental da Faculdade Pitágoras, Itapotiara Vilas Bôas.

Estudos apontam que, no Brasil, cerca de 76% da energia consumida é proveniente das usinas hidrelétricas espalhadas pelo País. Ao mesmo tempo em que a sociedade brasileira depende da energia elétrica, é preciso buscar outros meios e fontes de geração de energia que não degradem o meio ambiente, como por exemplo, a solar.

“A luz solar é essencial para todas as formas de vida existentes no planeta. Nos últimos anos, ela tem sido usada para a redução do uso de recursos hídricos e para a preservação da natureza, uma vez que é renovável e inesgotável. Dessa forma, ela vem se tornando uma das alternativas mais importantes para a geração de energia”, destacou Vilas Bôas.

A professora explicou que há inúmeras vantagens sobre a solar que é economicamente sustentável e ainda consegue um retorno significativo do valor investido a partir de três anos aproximadamente. “A conta de luz vai diminuir e a economia é de até 95% do valor”, revelou.

Para a conversão da energia solar em eletricidade, é necessário um sistema fotovoltaico, que é composto por painéis solares, inversor, sistema de fixação de placas, cabos, conectores, dentre outros itens, podendo produzir energia para todos os aparelhos da casa.

Quando comparada a outras fontes de energia, a solar possui inúmeras vantagens, aponta a especialista. Confira: Não é danosa ao meio ambiente; É renovável; O sistema possui vida útil longa; Necessita de pouca manutenção; Painéis fotovoltaicos são fáceis de instalar; Não promove ruídos ou poluição; Pode ser utilizada em áreas isoladas de energia elétrica.

SOBRE O DIA DO MEIO AMBIENTE

Neste dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. A data que foi criada na Assembleia Geral das Nações Unidades, em 1972, visa colocar em debate o impacto da ação dos homens no planeta, mas também busca estimular a criação de iniciativas, governamentais ou não, de preservação dos recursos naturais, a fim de promover um desenvolvimento sustentável. Na semana de comemoração da data, diversas campanhas são realizadas em todo o mundo para atrair a atenção sobre a importância do tema.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens