Fechar
Buscar no Site

EM BARÃO DE GRAJAÚ: Idoso compartilha leito destinado a pacientes com Covid-19, mesmo testando negativo

Mesmo com resultado negativo para Covid-19, paciente idoso foi colocado em ala destinada para pessoas contaminadas pelo novo coronavírus

Na última segunda-feira (5), a cidade de Barão de Grajaú foi palco de um enredo, que mais parece ser de um filme de terror. Um idoso foi obrigado a compartilhar leito em uma enfermaria destinada a pacientes vítimas do novo coronavírus, mesmo ele tendo comprovado que não havia testado positivo para a Covid-19.

De tão cruel e horroroso, o fato chocou a população do lugar, levando muitos a acreditar que tal situação só fosse possível se passar na mente de um roteirista de cinema, daqueles filmes que assombra pelo resto da vida. Porém, infelizmente, o ocorrido não é ficção, é a mais pura realidade, nua e crua…

O fato ocorreu no município de Barão de Grajaú, localizado a cerca de 650 km de São Luís, e mostra o despreparo que muitos novos gestores estão demonstrando ao lidar com o ápice da pandemia, enquanto aprendem a governar suas cidades.

MAL-ESTAR

Tudo começou quando, na última segunda-feira (5), o senhor Pedro Fonseca Nogueira, de 60 anos, foi acometido por um mal-estar. Logo após sentir os sintomas, ele procurou uma clínica particular da cidade, a Clinicor, na qual foram realizados tomografia e exames complementares, e o mesmo foi orientado a retornar para sua residência. Após piora em seu quadro de saúde, ele se dirigiu à UBS Feliciano Cardoso, onde foi feito um teste rápido para Covid-19, tendo testado negativo para a doença transmitida pelo novo coronavírus. Mesmo assim, conforme repassado ao blog, a unidade básica solicitou novo exame para Covid-19 – do tipo Swab – que também se mostrou negativado.

Ele então foi encaminhado para o Hospital Municipal Barjonas Lobão. Nessa unidade de saúde, o paciente, que é conhecido como “Doca Nogueira”, foi internado em um quarto normal, incialmente. Mas, no dia seguinte, o mesmo foi transferido para área destinada às pessoas com Covid-19.

No Hospital Municipal Barjonas Lobão, a família teria sido impedida de ver o paciente, sem as devidas explicações; e, após muitas idas e vindas, depois de muitas cobranças dos parentes do idoso, os mesmos foram informados que o senhor Pedro Nogueira estava isolado, em área destinada aos pacientes com o novo cornona vírus.

Essa situação toda motivou a realização de protestos, por parte dos familiares, em frente ao hospital. E, segundo os parentes do idoso, após algumas tentativas de justificar a falha grosseira ocorrida, o paciente foi retirado da unidade de saúde e encontra-se em tratamento domiciliar.

A pergunta que fica é: quantos mais terão de ser submetidos a esses riscos, pelo despreparo do poder público? Com a palavra a prefeita do município.

O blog não localizou contatos da Prefeitura de Barão de Grajaú, para solicitar os esclarecimentos necessários. Mas o espaço fica liberado para que a gestão municipal se posicione a respeito do ocorrido com o idoso.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens