Fechar
Buscar no Site

NAS ÚLTIMAS HORAS: Polícia Civil efetua diversas prisões na capital e no interior

SUSPEITA POR TRÁFICO PRESA NA CIDADE OLÍMPICA

Núbia Lafaiete – presa na Cidade Olímpica

A Polícia Civil, por meio da Delegacia da Cidade Olímpica (18º DP), subordinada à Seccional Leste, em operação policial na terça-feira (11), prendeu em flagrante Núbia Lafaete França Barros, suspeita pelo crime de tráfico de drogas.

A equipe do 18º Distrito Policial recebeu informações anônimas que uma mulher, moradora da rua 16 da Cidade Olímpica, estaria comercializando substâncias entorpecentes.

Diante disso, a equipe realizou campana em frente à sua residência e ao avistar Núbia localizaram com ela uma pedra de “crack” de tamanho mediano, ainda não dividida e pronta para a venda.

Após os procedimentos de praxe, Nubia Lafaete França Barros seria levada para o presídio de Pedrinhas, ficando à disposição da Justiça.

PRISÃO DE TRAFICANTE EM IMPERATRIZ

Welton, o “Escobar” – preso em Imperatriz

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz/MA (Senarc/ITZ), prendeu em flagrante Welton Silva Lima, conhecido como “Escobar”, pelo crime de tráfico de drogas. A unidade da Senarc de Imperatriz/MA recebeu informações via Whatsapp denúncias, dando conta que Welton seria traficante e que vendia drogas no bairro Caema. As denúncias informavam que era comum diversos mototaxistas chegarem ao local no final do dia, trazendo entorpecentes que seriam vendidos por Welton ao longo da noite. Após levantamento preliminar foi descoberto ainda que “Escobar” é namorado de Louise Fabrícia Pereira Cavalcante, a “Dama do Tráfico”, que foi presa por tráfico de drogas há aproximadamente um mês, sendo a grande fornecedora de drogas no bairro Caema. Por fim, os levantamentos indicavam que, após a prisão de Louise, Welton teria assumido os pontos de venda de drogas que antes pertenciam à sua namorada.  Diante dessas informações, foi montada vigilância, tendo sido observado quando, por volta das 17h, de terça-feira (11), um mototaxista parou em frente à residência do suspeito. Imediatamente, o grupo foi abordado, tendo sido apreendido entorpecente do tipo crack. Todos foram conduzidos para a unidade policial. Ao final, ficou preso em flagrante apenas Welton Silva Lima, o qual foi autuado por tráfico de drogas. Com ele, foram apreendidos aproximadamente 25g de crack e a quantia de R$ 3.500.

A Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Imperatriz/MA conclama a sociedade imperatrizense para que continue prestando informações relativas a pontos de venda de drogas, por meio do Whatsapp denúncias (99-9-9156-4783), é assegurado o sigilo.

PRISÃO EM ITAPECURU-MIRIM

Eduardo Menezes – preso em Itapecuru-Mirim

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia Regional de Itapecuru-Mirim, prendeu em cumprimento a mandado de prisão preventiva Eduardo Menezes da Silva, de 22 anos, por descumprimento de medidas cautelares (ameaça às vítimas). A Operação Policial foi realizada no Bairro Mangál Escuro, em Itapecuru-Mirim.

PRISÃO EM SÃO JOÃO BATISTA

Josivaldo Pereira – preso em São João Batista

A Polícia Civil, por meio de uma operação da Força Tarefa “Cifra Negra”, da Delegacia Geral, sob o comando do delegado Guilherme Sousa Filho e equipes, em conjunto com a Delegacia de Penalva e a Força Tática da PMMA de Viana, por volta das 6h de terça-feira (11), deu cumprimento a mandado de Prisão e de Buscas e Apreensões Domiciliares, na cidade de São João Batista, resultando na prisão de Josivaldo Ascenção Pereira, conhecido como “Jorge ou JP”, suspeito da participação em crime de tentativa de homicídio, fato ocorrido em junho de 2018, figurando como vítima Thiago da Silva Diniz. Durante as buscas, foram apreendidas uma arma e munições, sendo um revólver de calibre 38.

PRISÃO NO RADIONAL

Luan da Silva – preso no Radional

A Polícia Civil do Maranhão cumpriu, às 6h desta quarta-feira (12), por meio do 3º DP – Radional, Mandado de Prisão em desfavor de Luan Alexandre da Silva, em virtude da prática de homicídio ocorrido no ano de 2017, sendo ele um dos principais suspeitos, bem como outro homem que ainda se encontra foragido. O preso seria interrogado e, em seguida, encaminhado ao Complexo de Pedrinhas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens