Fechar
Buscar no Site

Texto do Roberto Veloso, publicado na PG do dia 02/10/22

JESUS É O ENVIADO DO PAI

Por Roberto Veloso

 

Depois destas coisas, atravessou Jesus o mar da Galiléia, que é o de Tiberíades. Seguia-o numerosa multidão, porque tinham visto os sinais que ele fazia na cura dos enfermos.” (João, 6:1-2)

Jesus sempre atraiu multidões. Quando estava em Seu ministério na terra, ministrava a palavra de Deus e operava milagres, curando enfermos, ressuscitando pessoas, expulsando demônios, entre outros. Toda essa atividade fazia com que incontáveis pessoas O procurassem e O seguissem.

Jesus desejava que os homens entendessem que a Sua missão era trazer a palavra da salvação e que as obras que fazia eram realizadas para dar testemunho que Ele era enviado do Pai celestial, para que todos os que cressemtivessem a ressurreição para a vida eterna.

Mas eu tenho maior testemunho do que o de João; porque as obras que o Pai me confiou para que eu as realizasse, essas que eu faço testemunham a meu respeito de que o Pai me enviou. O Pai, que me enviou, esse mesmo é que tem dado testemunho de mim. Jamais tendes ouvido a sua voz, nem visto a sua forma.” (João, 5: 36-37)

Muitos, porém, que ouvem a palavra não a entendem ou não a querem entender, porque estão pensando apenas nas coisas materiais, não se preocupam com o mais importante que é a salvação.

Querem ouvir apenas o que agrada aos ouvidos, sem se preocuparem com o principal que é o arrependimento dos pecados e a crença na palavra de Deus, que é Jesus Cristo.

Foi o que aconteceu depois do milagre da multiplicação dos pães, quando queriam fazê-Lo rei por haver dado o que comer a mais de 5 mil pessoas. Mas, Jesus os repreendeu, chamando a atenção para o fato de Ele ser o Pão vivo que desceu dos céus, importando o seu consumo, porque gera a salvação.

A salvação é espiritual e Jesus está disponível para isso. Os que O procuram apenas pensando nas coisas terrenas terminam deixando de segui-Lo. Tal fenômeno acontece hoje e aconteceu durante o ministério de Jesus quando esteve entre nós na carne.  

E prosseguiu: Por causa disto, é que vos tenho dito: ninguém poderá vir a mim, se, pelo Pai, não lhe for concedido. À vista disso, muitos dos seus discípulos o abandonaram e já não andavam com ele.” (João, 6:65-66)

O desafio do cristão é perseverar na palavra viva, permanecendo em Jesus Cristo, confiando toda a vida a Ele como Senhor e Salvador, em busca do maior prêmio: a salvação e a vida eterna.

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens