Fechar
Buscar no Site

Texto do Pr. Moreira Silva, publicado na PG do dia 22/05/22

*Reflexão*:
*O Deus Que Nós criamos*:

A nossa percepção humana em relação ao transcendente é reducionista, fantasiosa e surreal pois tem como base uma estrutura de linguagem comprometida com autoengano, desde o dia que a humanidade foi invadida pela nova estrutura de linguagem, que passou a ser sustentada a partir da mentira, da competição e engano. Nós humanos temos o hábito de voltar todas as coisas para nós mesmo até o Deus que nós concebemos tem que estar disponível aos nossos caprichos e realizações pessoais um Deus que eu possa controlar, ele pode ser todo poderoso, mas deve usar todo o seu poder para fazer conforme eu disser, pode ser onisciente, mas deve usar o seu conhecimento para me ajudar, pode ser amoroso e fiel, isto deve ser evidenciado pelo cuidado e apoio a mim.
A encarnação de Cristo foi para desconstruir esse autoengano que carregamos sobre Deus e sobre nós, porque em Jesus vemos como Deus é e como o homem deve ser. Por isso ninguém compreendeu Jesus, nem os próprios discípulos, eles só vieram compreender após a ressurreição quando as suas mentes foram abertas para verdadeira compreensão de Deus. Jesus veio nos trazer uma nova estrutura de linguagem uma nova ética que norteará toda a cultura tornando-se um contraponto de tudo que é falso, porque Ele é o arquétipo do que significa um ser humano na sua essência, por isso que segui-lo como diz certo pregador,  é o mais fascinante projeto de vida.
A Ele toda glória.
Pr.Moreira Silva.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens