Fechar
Buscar no Site

Texto do Pr. Ivan Moutinho, publicado na PG do Jornal Pequeno do dia 30/05/2021

GANHE A COROA DA JUSTIÇA

1 – CONJURO-TE, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, 2 – Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 3 – Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; 4 – E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. 5 – Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério. 6 – Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo.7 – Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. 8 – Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. (II Timóteo 4:1-8)

Nesta porção da carta à Timóteo, vemos perfeitamente, um compêndio de aconselhamentos de um velho experimentado na “casca do alho”  em fim de carreira, dirigido a um jovem cristão que  deve garantir a continuidade da pregação da palavra de Cristo. Jesus delegou a missão a ser encarada com seriedade, responsabilidade e constância desde a juventude até quando chegar a velhice. Jovens, sois fortes. Aproveite o tempo da sua juventude para servir ao Deus Vivo, e não te desgastes com os prazeres do mundo, mas seja mais um vitorioso com aquele que venceu o mundo (João 16.33). Lute pela sua coroa da justiça (v.8).

Os moralistas costumam tratar das questões apenas quando achar“adequado” falar francamente. Mas a palavra de Jesus independe de adequação, ou se pessoas estão dispostas a ouvir ou não, elas precisam ouvir. Por isso, toda a oportunidade deve ser bem aproveitada para fazer as pessoas ouvirem sobre o nosso Jesus, mesmo, no silêncio de nossas atitudes e práticas de nossa fé. Alguém já disse: “uma atitude fala mais alto que mil palavras”. Então, falando ou não é nosso dever anunciar Cristo Jesus a tempo e fora de tempo (v.2).

O jovem Timóteo deve prosseguir em sua missão, independente das circunstâncias de vida, se boas ou más. Aliás, como o mundo é mau e jaz no maligno somos levados a admitir que há urgência que todos conheçam as boas novas da graça e salvação de Deus para o mundo condenado e perdido. A Palavra de Deus tem todas as respostas e argumentos imbatíveis que jamais serão contrariados. A Palavra de Deus estimula e anima a suportar com firmeza as contrariedades enfrentadas por todos nós. É o conjunto coerente de ideias fundamentais para o bom viver a serem transmitidas e ensinadas.

O problema é que a verdade incomoda, e a Palavra veio para confrontar o pecado e, também, aliviar o pecador deste fardo pesado. Contudo, as pessoas são ávidas para ouvir somente o que lhe agrada, tendo comichão nos ouvidos (v.3). Buscam para si os “especialistas” que desculpam os culpados, absolvem os condenados, debocham do justo e honesto e estimam aqueles que praticam a injustiça e a iniqüidade. São transmissores vorazes de narrativas, fruto da imaginação destrutiva do mau pensamento do homem natural. Ou seja, muitos preferem as fábulas, ao invés da Palavra de Deus. “- O conselho do SENHOR permanece para sempre; os intentos do seu coração de geração em geração.”Salmos 33:11

Sejamos sóbrios e saibamos todos,  que anunciar o evangelho de Cristo é uma missão árdua, mas que produz frutos para a vida eterna. É uma ordem a ser cumprida, não há o que discutir. Pauloapresentou-se como sacrifício agradável a Deus, e não desistiu da carreira, e, em momento algum, se deu uma pausa, mas sustentou-se  em combate, por causa da FÉ guardada em seu oração por amor a Jesus. Não abandone a sua Fé, com o risco de perder a sua coroa da justiça que já está guardada para você. A propósito, parabéns pelos  70 anos do Jornal Pequeno que persevera no bom combate de Paulo sustentado na Verdade e na FÉ.

Pr. Ivan Moutinho – ibboavista – Timon – MA

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens