Fechar
Buscar no Site

Autoridade Palestina está incentivando o terrorismo e pode sofrer retaliações

Até agora, apesar da Operação Guardiões da Muralha ocorrer em Gaza, ocorreram diversos atos terroristas na Judéia e Samaria de forma aparentemente expontânea, mas hoje pela manhã isto mudou.

O principal partido que compõe a Autoridade Palestina começou a convocar os palestinos a “protestarem” fazendo “greves” cuja tradução prática disso, é atentados terroristas e motins organizados pela Autoridade Palestina e a Fatah, o resultado poderá ser catastrófico.

Por volta das 10:00 hs da manhã, ocorreu uma tentativa de atentado perto de Nablus: combatentes da IDF identificaram um veículo suspeito no posto de controle de Huwara, o veículo acelerou na direção deles, colidiu com o veículo da patrulha militar que estava no local e o terrorista foi posteriormente preso. Felizmente, não houve vítimas no incidente.

A organização palestina Fatah pede aos palestinos na Judéia e Samaria que lancem uma greve geral amanhã e pediu que “confrontem as forças de segurança em todos os pontos de atrito”. Pelo visto, o Hamas está desesperado a tal ponto de pedir ajuda a Autoridade Palestina, a rivalidade entre Fatah e Hamas é grande, mas somente uma coisa os unem, o ódio por Israel.
Por/ Notícias de Israel – Cafetorah

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens