Fechar
Buscar no Site

Texto do Pr. Sérgio, publicado na PG do Jornal Pequeno do dia 28/03/2021

  • TRANSFORMAÇÃO E VIDA

    Estou gozando de férias em família. Estamos todos na casa da Sara (nossa filha) e Arthur (nosso genro). Eles moram em uma fazenda cheia de exuberância natural, cercada por uma cadeia de montanhas, com muita vida da flora e da fauna. E aqui me deparei novamente com a mesma cena com a qual havia me deparado quando aqui estive há um ano atrás. E , claro, essa cena que se repetia me trouxe à mente a mesma reflexão do ano passado. Uma cena arrebatadora de uma linda borboleta pousando na vegetação que fica ao redor da casa.
    É fantástico quando pensamos que aquela linda e colorida borboleta, não faz muito tempo, era uma lagarta, um bicho asqueroso e nojento que rastejava sobre o próprio ventre e parecia estar condenado a comer pó pelo resto de sua vida.
    Porém, agora, depois de passar por um processo de metamorfose, aquela lagarta se transformou numa bela e exuberante borboleta, não mais rastejando pelo chão, mas agora voando livre, leve e solta por entre a vegetação. Isso é impressionantemente uma transmutação física, uma mudança radical de um ser em outro, de uma forma em outra.

    Esse fato é uma excelente ilustração que nos é oferecida pela natureza criada por Deus a respeito do que aconteceu conosco quando encontramos o amor e a graça de Deus na pessoa de Jesus Cristo, pois, éramos como essa lagarta que se transformou numa borboleta, e que, depois de metamorfoseados, transformados radicalmente , proclamamos ao mundo que só em Jesus há transformação e vida abundante. E agora voamos livres , leves e soltos da escravidão do pecado e nos tornamos escravos do amor de Deus manifestado a nós na Cruz de Cristo. Pare e pense nisso! (Pastor Sérgio Lima, escravo de Cristo por causa da Cruz. Escravo alforriado, mas escravo).

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens