Fechar
Buscar no Site

Pr Carvalho ( Segunda Igreja Batista do Conjunto Saci – Teresina/PI ) Oração do Pai Nosso -3

  1. No ensinar da oração do Pai Nosso, nessa segunda metade da oração Jesus muda o tom, Ele abandona a aplicação do adjetivo possessivo “teu” – exaltação da glória de Deus – “Pai nosso que estais nos céus”. “… santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;…” para “nosso”, o que vai delinear uma mudança abrupta das coisas divinas para as particulares. Jesus ensina na oração a necessidade de glorificar o nome de Deus como também expressar nossa necessidade da dependência humilde da Sua abundante graça – “O pão nosso de cada dia dá-nos hoje”. A oração nos move a compreender que Deus, na condição de Pai, e no seu relacionamento pessoal, é o Deus que supre nossas necessidades do dia a dia. A expressão “Pão Nosso” não deve ser tomada alegoricamente como expressão espiritual para indicar a Palavra de Deus ou até mesmo a Ceia do Senhor, mas para simbolizar todas as nossas necessidades a fim de preservar a vida, e assim nos ser concedido o alimento, saúde, casa, lar, esposa, filhos e tudo quanto mais supre nossas carências e não o luxo requerido pelo nosso “eu” em grande parte egoísta. Porém, a petição por pão não deve ser impedimento de buscarmos o ganhar da nossa própria vida, o agricultor não pode abandonar o arado nem qualquer pessoa isentar-se do labor diário, sabendo que em todo esse conjunto está a providência de Deus… Nesse particular a oração expressa uma necessidade imediata – “… dá-nos hoje” e não algo para o futuro distante, a necessidade não espera… É como resume A. M. Hunter: “Feita de manhã, esta oração pede o pão para o dia que está começando. Feita à noite, pelo pão de amanhã”. Dessa forma caminhamos a vida de forma humilde e dependente do Pai Celestial sabendo que devemos viver um dia de cada vez.
    Pr. Raimundo de Carvalho Noronha Araújo Segunda Igreja Batista do conjunto SACI – Teresina-PI

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens