Fechar
Buscar no Site

Israel após COVID-19: Sinagogas, Praias e Museus, abriram hoje

Israel após COVID-19 - Sinagoga de Hurva em Jerusalém

Israel após COVID-19 – Sinagoga de Hurva em Jerusalém

 

 

Até agora, as sinagogas, igrejas e mesquitas estavam fechadas para o público, além das praias, oficialmente é claro, mas hoje, isto mudou.

Segundo as novas diretrizes do Governo e no Ministério da Saúde do Estado de Israel, os templos poderão abrir desde que cumpram uma série de diretrizes, as principais delas são:

  • Esterilização de todos os móveis e objetos das casas de oração
  • Limite de 50 pessoas na área interna e com espaço de 2 metros entre cada pessoa
  • Lugares fixos para os participantes, não se deve trocar de lugar
  • Caso o número de pessoas ultrapasse 50, as orações devem ser feitas do lado de foram, em lugar aberto
  • Instrumentos de culto como Talit, Tfilin, Sidur, Tanakh, Bíblia e etc. Devem ser trazidos pelas pessoas que vão utilizar
  • Caso usem o Sefer Torah da sinagoga, deve ser utilizado somente pelo responsável por isso e não pelo público em geral, não deve passar de mão em mão
  • As pessoas que participam das orações devem lavar as mãos com água e sabão antes de entrar nos recintos

Além das Sinagogas, Igrejas e Mesquitas, 136 praias de banho serão abertas em todo o país, de norte a sul. Também debaixo das diretrizes, a principal delas é o distanciamento de 2 metros no mínimo e diretrizes relativas a higiene dos prestadores de serviços como cadeiras e quiosques na praia.

Além disso, o uso de duchas e toalhas em recintos fechados está proibido. Apesar das diretrizes, a vida parece estar voltando ao normal em Israel.

Na lista de instituições que vão abrir ainda hoje estão também os museus, porém debaixo da diretriz de que poderão estar no museu, 1 pessoa para cada 15 metros quadrados.

As primeiras empresas aéreas já estão voltando ao país que já está preparado para o turismo após o Coronavírus. A seguir, deverão abrir os restaurantes e lanchonetes debaixo de diretrizes. O Povo de Israel após COVID-19 está aos poucos voltando a normalização de suas atividades.

Fonte / Cafetorah

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens