Fechar
Buscar no Site

Força para viver

O LUGAR ONDE VOCÊ ESTÁ TE PÕE PARA CIMA OU PARA BAIXO?

Irailton Melo de Souza

No livro de Neemias, capítulo 8, lemos que certa vez os israelitas se reuniram na praça e pediu ao escriba Esdras para ler para eles o Livro da Revelação de Moisés, que Deus tinha dado a Israel. Esdras atendeu o pedido, desde cedo até o meio-dia leu o Livro da Revelação Divina para os seus ouvintes atentos. Mas algo estranho aconteceu: todo o povo chorava (um choro de tristeza e de pesar) enquanto ouvia as palavras da Revelação. Foi quando Neemias, o governador, Esdras, o sacerdote e escriba, e os levitas que ensinavam o povo disseram: “Este dia é consagrado ao Eterno, o seu Deus. Não chorem nem fiquem abatidos. Voltem para casa e preparem uma festa, um banquete com muita comida e bebida. Repartam a comida com os que não têm, pois este dia é consagrado ao Eterno. Não fiquem entristecidos. A alegria do Eterno fortalecerá vocês!”.

O que interessante nesta história é que a revelação que nos é trazida de que assim como está nós o abatimento, o pesar, o entristecer, também está o alegrar-se e o festejar. Não que a vida seja sempre um mar de rosas. Há momentos de sofrimento e choro. Deus sabe muito bem disso e até nos lembra que há tempo de rir e tempo de chorar (Eclesiastes 3).

A situação descrita no livro de Neemias, não está se referindo às circunstância inesperadas e dolorosas da vida, mas a momentos comuns onde a nossa alma decide seguir uma rota emocional de dor e abatimento. Veja que o povo estava ouvindo a Palavra de Deus, que era lida compassadamente pelos líderes para que todos compreendessem, mas, não se sabe se pela entonação da voz dos que liam ou pela ambiência e atmosfera do ambiente o tiro estava saíndo pela culatra. O povo que deveria se alegrar estava se entristecendo; em vez de ânimo e ímpeto, tristeza e abatimento.

Temos algumas lições a aprender com o episódio relatado:

1. Precisamos ficar atentos às mudanças de temperatura do ambiente para não sermos abafadospor ele. Os aplausos num estádio de futebol ou mesmo as vaias, começam com uma pessoa, que influencia outra, e mais outro, e mais outra, até contagiar a multidão. Você não deve reproduzir o comportamento da multidão, mas manter firme suas convicções. Nem sempre é fácil e há diversas razões para isso. Mas é possível manter-se lúcido em meio a alguma perda de lucidez.

3. Se alguma situação lhe deixa abatidos quando você deveria se alegrar, reaja. Primeiro, saindo do contexto que danifica seu bom humano e passando a construir novas ações. Veja a recomendação de Neemias, Esdras e os levitas: Voltem para casa e preparem uma festa, um banquete com muita comida e bebida. Repartam a comida com os que não têm, pois este dia é consagrado ao Eterno. Não fiquem entristecidos. A alegria do Eterno fortalecerá vocês!

Lembre-se: as suas tristezas nem sempre decorrem do que acontece fora de você, mas dentro de você; e nem sempre tem a ver com você, mas com a ambiência e o ambiente onde você está.

Que Deus lhe dê uma semana repleta de ânimo e paz!!!

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens