Fechar
Buscar no Site

100 dias de Flávio no novo mandato

1º de janeiro de 2019 – Momento histórico: Flávio Dino afaga a menina Amanda Gomes, depois de receber das mãos dela a faixa governamental, na sacada do Palácio dos Leões

Reeleito com votação consagradora, o governador Flávio Dino completa nesta quarta-feira (10) exatos 100 dias no exercício de seu novo mandato. Contabiliza avanços consideráveis tanto na área política quanto administrativa, chegando a ser cogitado como promissor candidato a presidente da República.

Flávio foi reeleito para um novo mandato de quatro anos (2019-2022) no dia 7 de outubro de 2018, com 59,29% dos votos válidos. Ele foi a escolha de 1.867.396 eleitores maranhenses. E iniciou a jornada deste segundo mandato durante cerimônia carregada de simbolismo: sete pessoas do povo participaram da transmissão da faixa governamental, na sacada do Palácio dos Leões. Todas representavam um segmento da sociedade maranhense.

Entre os diversos momentos da posse solene, um chamou especialmente a atenção do público. Foi quando a estudante Amanda Gomes, uma menina negra do interior do Estado, passou a faixa para o governador. O episódio foi repleto de emoção de ambos os lados.

Vale lembrar: em seu primeiro mandato, Flávio viabilizou uma agenda de mudanças e ao mesmo tempo uma agenda de unidade. Tanto é que conseguiu ampliar para 16 o número de partidos em 2018 na coalizão que se utilizou para se reeleger. Portanto, foi uma vitória realmente muito importante e foi isso também que permitiu que ele elegesse também os dois senadores de sua chapa: Weverton e Eliziane.

De modo que foi uma vitória efetivamente consagradora, porque Flávio conseguiu, também, eleger em suas coligações 12 dos 18 deputados federais e 32 dos 42 deputados estaduais.

Logo após tomar posse, no dia 1º de janeiro passado, Flávio editou decretos para ampliar as ações na educação, na tecnologia, na moradia e na área social. Ele destacou três compromissos essenciais para o segundo mandato: “Em primeiro lugar, tenho o compromisso rigoroso com o equilíbrio fiscal, de receitas e despesas. Em segundo lugar, o dever de fazer um governo probo e honesto. Em terceiro lugar, o compromisso com os direitos humanos, com a garantia de que todos e todas viverão numa sociedade cada vez mais democrática e igualitária”.

“Minhas mãos e minha ficha continuam 100% limpas. E assim estarão quando eu entregar o Estado para meu sucessor ou sucessora.”

Nestes primeiros 100 dias, Flávio conseguiu reunir em São Luís os demais governadores da região e com eles criou o Consórcio Nordeste. A medida foi formalizada durante o Fórum de Governadores do Nordeste, no Palácio dos Leões. Todos os Estados nordestinos aderiram ao consórcio.

O Fórum é a esfera onde os governadores tomam decisões políticas e estratégicas, de modo a levá-las para o debate nacional. E vai continuar existindo, com reuniões periódicas.

Na semana passada, o governador Flávio Dino deu aula, nos Estados Unidos, sobre as experiências e os resultados da administração estadual no Maranhão desde 2015. Ele conversou com os alunos da Harvard Kennedy School, em Massachusetts. E começou lembrando a trajetória histórica que impacta hoje toda a sociedade. De acordo com o governador, a principal característica da formação brasileira está na desigualdade social.

Empossado para mais quatro anos como governador, Flávio prevê um ciclo de baixo crescimento econômico e dificuldades para os estados. Tem dito que buscará uma relação institucional respeitosa com o presidente Jair Bolsonaro, mesmo lhe fazendo oposição. Por outro lado, ele critica a “lógica de confrontos eternos” de Bolsonaro e seus ministros.

Na arena política nacional, Flávio tem buscado espaço para expressar seus pontos de vista, já se insinuando como um provável pré-candidato ao Palácio do Planalto. Ele sabe que a liderança de um país exige preparo, experiência e envergadura política. Bolsonaro, muito provavelmente, não pensa assim. Basta atentar para o que ele disse, na semana passada: “Não nasci para ser presidente. Nasci para ser militar”.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “100 dias de Flávio no novo mandato”

  1. Kel disse:

    100 dias descasos com concursados pais e mães de famílias sendo humilhado, ja em todo território nacional divulgado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens