Fechar
Buscar no Site

Vinhais Velho espera resposta da Governadora Roseana Sarney

Em 06 de fevereiro a Comunidade de Vinhais Velho, entidades e parlamentares apresentaram à Governadora Roseana Sarney proposta de alteração do traçado da Via Expressa no trecho que atinge Vinhais Velho, propondo que a ponte prevista para cortar a comunidade ao meio fosse deslocada para o final da Vila, atingindo apenas dois terrenos e somente uma família de Vinhais Velho.

Após a apresentação desta proposta, a Governadora Roseana Sarney determinou que o Vice-Governador ouvisse a comunidade, sendo realizada uma reunião com o Secretário de Infraestrutura, Max Barros, e apenas com os representantes da Cáritas, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Professor Leopoldo Vaz. Na oportunidade o Secretário Max Barros informou ser impossível técnica e financeiramente a alteração da ponte, oferecendo em contraproposta a elevação das indenizações, a oferta de um terreno nas proximidades da Vila; urbanização do campo, do cemitério e a instalação do museu da comunidade.

A Comunidade de Vinhas Velho apesar de reconhecer avanços, recusou a contraproposta oferecida pelo Secretário Max Barros, ratificando a proposta de alteração da Ponte por considerar prudente e viável técnica, financeira e culturalmente, uma vez que:

a) O Secretário Max Barros alega que a mudança da ponte para o final da Vila de Vinhais Velho acarretará um custo de R$ 7.000.000,00(sete milhões) de reais, tornando-se, segundo o mesmo, inviável financeiramente a proposta de alteração. É evidente que a justificativa do Secretário de Infra – Estrutura não se sustenta, pelos seguintes motivos:

I – O pagamento de indenizações às famílias dos expropriados da Vila de Vinhais Velho ultrapassa R$ 3.000.000,00(Três Milhões) de reais, reduzindo o custo de R$7.000.000,00(sete milhões) para R$ 4.000.000,00(quatro milhões) de reais;

II – A aquisição de outra área para relocação das famílias também reduzirá o valor de R$7.000.000,00(sete milhões) de reais;

III – A paralisação da obra por contra do impasse implica custo para o Estado que também reduzirá o valor de R$7.000.000,00(sete milhões) de reais previstos pelo Secretário Max Barros;

IV – A manutenção do traçado cortando ao meio a Vila de Vinhais Velho obrigará o Governo a fazer um túnel para passagem de pessoas e veículos, acarretando mais custos, reduzindo-se ainda mais os R$7.000.000,00 (sete milhões) de reais previsto de acréscimo com a alteração da ponte;

IV – A continuidade do impasse tem impedido a liberação dos R$ 20.000.000,00(vinte milhões de reais) empenhados pelo Ministério do Turismo, valor três vezes superior aos R$7.000.000,00 (sete milhões) de reais previsto de acréscimo com a mudança da ponte;

V- A proposta apresentada protegerá a Igreja de São João Batista, fundada em 20 de outubro de 1612, tombada pelo Governo Estadual, já que a mesma ficará mais distante dos impactos direito da Via Expressa.

VI – A resistência do Secretário Max Barros à proposta de alteração da ponte feita pela Comunidade também não se justifica em face das inúmeras mudanças sofridas pelo traçado da Via Expressa, sendo a última no Ipase de Baixo.

Ao invés da negativa do Secretário Max Barros, a Governadora Roseana pode transformar a Vila de Vinhais Velho em uma jóia e um símbolo dos 400 anos da história de São Luís e do Estado do Maranhão, revitalizando o seu patrimônio, constituindo Vinhais Velhos em pólo de turismo cultural no Estado.

Na reunião da última quinta feira, a comunidade, as entidades, parlamentares e intelectuais que lutam pela preservação da Vila de Vinhais Velho decidiram suspender a instalação da barraca na Praça Deodoro, para distribuição de jornais e coletas de assinaturas, bem como as ações de nulidade do decreto de desapropriação e do licenciamento ambiental na Justiça Federal, as audiências na Assembléia Legislativa e na Câmara Federal e ainda as denúncias para ONU e OEA até a próxima quarta feira, data que espera-se uma resposta afirmativa da Governadora Roseana Sarney.

Os moradores de Vinhais Velho afirmam acreditar na mediação do Vice-Governador, do Secretário Luis Fernando e do Deputado Sarney Filho.

(Da Asessoria)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

5 respostas para “Vinhais Velho espera resposta da Governadora Roseana Sarney”

  1. Clodomir da Paz disse:

    A SOLUÇÃO DESTE BLOGUERO QUAL É? FICAR SEM ESSA AVENIDA NUM ENGARRAFAMENTO MORRENDO DE CALOR?

  2. pericles disse:

    Na época da ditadura militar, o pai do Peta Cachaça ganhou muito dinheiro NÃO divulgando nada sobre aditadura ( omissão consciente), igualmente ao filho, era um bosta.
    Mas haviam coisas bõas naqueles periodos de trevas, por exemplo:
    Se estivessemos nos tempos de Médice, o exercito limparia o Vinhais na PONTA DA BAIONETA para a construção da obra em questão.
    Hoje, sob a égide de ecopilantras , deputados vagabundos ( encabeçados por Dutra) e demais vagabundos, jamais as UHE de Itaipu, Tucurui, Balbina, e até mesmo a ponte Bandeira Tribuzi seriam construídas.
    Tudo bem que tú escrevas para uma maioria de imbecis, mas creio que não devas te comportar como um deles.

  3. Dom Cosme... disse:

    Deixe teu carro na garagem é vá de ônibus… nas cidades mais desenvolvidas da europa e no Japão , está não é uma opção, é a regra.

  4. Movimento Democrata Livre de São Luis e Movimentos Sociais disse:

    na pratica acredita-se que quando fora elaborado o planejamento da “via expressa do vinhais”, os gestores do palacio dos leões ignoravam as CIRCUNVIZINHANÇAS geradas pela ESTRADA VELHA do VINHAIS VELHO. A propria camara de vereadores na pratica deconhecia essa região quando nenhum projeto de melhoria a beneficiou nas ultimas decadas. Entretanto, cabe a representação estadual da Gerencia de Patrimonio da União, acionada a respeito, moralizar em respeito ao uso coletivo do aspecto socioambiental e economico da região, quando da emissão de seu parecer, caso continue demonstrando independencia na questão em foco, ao contrario quando nos anos 1980 um ex-titular do orgão foi transferido para brasilia por não obedecer acatar grilagem de terra nas glbas tibiri-pedrinhas e itaqui-bacanga.

  5. ALFREDO disse:

    pericles, NA EPOCA DA DITADURA COM CERTEZA TU FICOU MUITAS HORA SENTADO EM CIMA DE UM PAU, COISA DE BIBA SEM VERGONHA CHUPÃO, TU JA FALOU COM TUA MÃEZINHA ????????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens