Fechar
Buscar no Site

Vídeo: Lahesio Bonfim desautoriza Aluísio Mendes: “não tem procuração para falar por mim”

Foto: Reprodução

O pré-candidato a governador Lahesio Bonfim(PSC) desautorizou o presidente do seu partido, deputado federal Aluísio Mendes. “O foco do Lahesio Bonfim é o governo do estado. O Aluísio Mendes não tem procuração para falar pelo Lahesio Bonfim. Ele foi lá falar pelo partido dele, o PSC. O Lahesio Bonfim está focado em ser governador”, disse.

Na semana passada, o deputado federal Aluísio Mendes declarou apoio à candidatura do senador Roberto Rocha à reeleição e ainda endossou a fala de Rocha de que os pré-candidatos a governador de oposição(Josimar Maranhãozinho, Edivaldo, Weverton) estariam juntos no segundo turno.

De acordo com Roberto, aquele que fosse para o segundo turno, teria o apoio dos demais. Parece que faltou combinar com Lahesio e Edivaldo, pois além dos dois não manifestarem apoio a Roberto, também não confirmaram, até o momento, qualquer acordo nesse sentido.

Neste fim de semana, na cidade de Timon, Lahesio Bonfim não deu importância para o pacto e ainda fez questão de se autointitular o único nome da oposição. “Weverton, Maranhãozinho, Edivaldo, são tudo plano B, C e D de Flávio Dino. O único que é oposição no Maranhão é o Lahesio Bonfim que se não for para o segundo turno, é porque ele ganhou no primeiro”, disparou, soando até de forma arrogante e prepotente.

Para completar, Lahesio deu a entender que seu candidato a senador é o Pastor Bel, e não Roberto Rocha. “Nós continuamos juntos, e vamos juntos até o último segundo”, disse Lahesio na cidade de Codó. No final da fala, o pré-candidato a governador ainda pede oração. “Estejam orando pelo Bel Senador, Lahesio governador”, exclamou.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens