Fechar
Buscar no Site

UJS diz que não teve participação em atos de vandalismo em São Luís

A União da Juventude Socialista divulgou nota agora à noite onde refuta acusações de que membros estariam incitando a violência durante as manifestações ocorridas em São Luís. Veja, a seguir, a íntegra dos esclarecimentos.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

logo_oficial_col_corel_9

Desde o início das manifestações a UJS-MA tem adotado postura pacífica e ordeira, utilizando apenas das ferramentas democráticas de livre manifestação. Em nenhum momento apoiamos atos de vandalismo, depredações aos patrimônios públicos ou privados. Tampouco atos de hostilização a quaisquer organizações do movimento social, sindical, estudantil ou civil organizado. Buscamos sempre sermos respeitosos com os demais militantes, tendo em vista que as manifestações são de cunho popular e apartidário, levantando bandeiras de relevância extrema à nossa sociedade, como Educação, Saúde, Transporte, Saneamento Básico, Segurança, Moradia, Igualdade e Inclusão Social, entre outras.

Com relação à matéria publicada no blog do jornalista Marco Aurélio D` Eça Sobre o Título “MANIFESTAÇÃO FEZ DURAS CRÍTICAS À GESTÃO DE HOLANDINHA E AO SEU ALIADO FLÁVIO DINO” , repudiamos as acusações feitas à União da Juventude Socialista do Maranhão / UJS-MA, caluniando diretamente o Presidente de nossa entidade Tiago Penna. Pois a fotografia vinculada à matéria para acusar o presidente da UJS-MA, de incitar atos de violência e vandalismo, deixa claro que o mesmo estava apenas solicitando que todos os manifestantes se abaixassem, para facilitar a identificação dos baderneiros, e isto fica claro na imagem. No vídeo (link: https://www.youtube.com/watch?v=Renfk-7QbyQ) fica evidente que todos se retiram da Praça Dom Pedro II, de forma ordeira, sem nenhum enfretamento ou atos de agressão. Estamos cientes que esta não foi à primeira, nem a última vez que nos atacaram tentando vincular negativamente a imagem de nossa entidade ou de seus representantes a atos dessa estirpe. Mesmo assim não recuaremos em nossas lutas por um Estado digno que respeite o cidadão.

Problemas crônicos e conjunturais na prestação dos serviços públicos assolam todo o País.  Por isso defendemos o Passe Livre Estudantil, Mobilidade Urbana, melhoria na Infraestrutura Urbana e Serviços Públicos de qualidade. Mas deixamos alguns questionamentos, sobre fatos ilustrados pela “matéria” no blog. Será que o povo está indignado com 05 (cinco messes) de gestão do Prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Junior? Será que o povo está indignado com o Presidente da EMBRATUR, Flávio Dino? Ou será que o povo está embravecido com tantos problemas crônicos que vão desde malversação de recursos à corrupção instalados em nosso Estado há tanto tempo?

Olhe as imagens dos atos:

 Dia 19/06/2013 em São Luís:  https://www.youtube.com/watch?v=6E6OT2TCuIo,

Dia 20/06/2013 manifestação em Imperatriz:https://www.youtube.com/watch?v=S9q4yi7rp1s

Matéria do portal Terra: MA: com 15 mil, protesto hostiliza Sarney e tem depredação da prefeitura.

http://noticias.terra.com.br/brasil/policia/ma-com-15-mil-protesto-hostiliza-sarney-e-tem-depredacao-da-prefeitura,89a12e5849f5f310VgnVCM3000009acceb0aRCRD.html

Blog Josias UOL Nacional: A voz da Rua para Sarney: ‘devolver o Maranhão’

http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2013/06/20/a-voz-da-rua-para-sarney-devolve-o-maranhao/

Vemos na realidade a tentativa desesperada e grosseira de manipular um cenário que só existe na mente de quem está a serviço de pena alugada. Deixamos aqui nosso desafio ao senhor Marco D’eca a publicar sem cortes, nossa nota de esclarecimento, honrando o juramento profissional do jornalismo.

Att

Tiago Penna

Pres. Estadual da UJS-MA
Estudante de Turismo-UFMA

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “UJS diz que não teve participação em atos de vandalismo em São Luís”

  1. pericles disse:

    Marginais, apenas um bando de marginais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens