Fechar
Buscar no Site

Tiririca e Sarney

Em geral, todos os eleitores brasileiros, todos os tipos e todas as características nacionais têm representação em Brasília. Não lamente o novo Congresso, portanto. Eles são nós.

Tomemos o Tiririca e o Sarney. Os dois seriam exemplos, respectivamente, de desvirtuamento do processo eleitoral e de aviltamento dos costumes políticos, uma vergonha. Ou duas vergonhas.

Tiririca um inocente transformado em legislador por uma galhofa, Sarney eternizando-se no comando do Senado pelo seu poder de manobra e de conchavo, um cordeiro e uma raposa representando os extremos da nossa desilusão com a fauna parlamentar.

Mas Tiririca não representa apenas os palhaços do Brasil. A galhofa que o elegeu é uma manifestação política, ou antipolítica, que tem história no país e ou representa os que não sabem nada de nada e não querem saber, ou os que sabem tanto que votam em palhaços e rinocerontes para protestar. De qualquer forma, os simples e os enojados também têm sua bancada.

E existe algo mais brasileiro, folclórico e até enternecedor do que Sarney e seu amor pela mesa diretora?

Falar mal do Sarney é um pouco como falar mal de um velho tio excêntrico, mas cujas peripécias divertem a família. Tudo se perdoa e tudo se aceita com a frase “Que figura…”. O indestrutível Sarney representa a persistência do gosto nacional por “figuras”. (Trecho do comentário de uma crônica do escritor Luis Fernando Verissimo)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

4 respostas para “Tiririca e Sarney”

  1. Rogério disse:

    Não existe melhor definição da atual realidade, do que esta. Faço deste Blog, visita constante, e não é por acaso; Aqui, a coisa é bem “fazida”( como dizia minha vó). acredito estarmos no caminho certo. Esta “realidade vai mudar. Ou por… ou por.. mas vai mudar. E quero que seja em minha geração, pois já penei muito com os desmandos deste ” grupo”,”quadrilha”, grupo de extermínio em massa”. afinal, escolham o adjetivo que lhes cabe.

  2. Euzevedo disse:

    Ihhh a corja ta completa, adorei o lobo -bobo e o roberto batmam (bundmam) kkk

  3. Dom Cosme... disse:

    Se o Congresso Nacional é um zoo, a Assembléias Legislativa do Maranhão é um covil de raposas sedentas por Uvas maduras e “$angue” real! Enquanto o Deputado Palhaço Tiririca faz gracinha com o “V” da sobre a cabeça do presidente do Senado, aqui no Maranhão uma raposa deputado, vende projeto para derrubar babaçuais! Se, se vivesse e um país sério, o “V” de Tiririca seria decoro Parlamentar, mas acontece que esse “Senhor” ao fazer um “V” assim é sua maneira de fazer política… Mesmo assim ele não vendeu, não comprou Status de vendedor de projetos. Acredito eu que o Tiririca, não faz isso por maldade, mas por ingenuidade! Já no caso do dos deputado propineiros, esses sim, deveriam uma algemazinha , e seria bem vindo aqui em Pedrinhas. Um dos casos mais escabrosos da política nacional , é o caso da declaração do secretário Gilberto Carvalho,quando se referiu aos “Evangélicos”… Essa é uma atitude desrespeitosa … Se ele tivesse essa mesma atitude com relação aos “Homossexuais”, A rede globo estaria dia e noite metendo a vara nele… Porque neste país só se entende por discriminação , quando se ofende homossexuais. A corrupção , os insultos contra quaisquer que sejas as pessoas e categoria , até que dá “Status”… Para João Havelange e Ricardo(s)Teixeira, até que o crime compensa.

  4. Bryan disse:

    É com indignação e nojo que vejo o quanto Jackson Lago foi traído ao me deparar com um video postado no blog do Caio Hostílio aquele que se diz professor e assassina a gramática em tudo o que escreve. Até os imperatrizenses agora idolatram o homem que ajudou a cassar Jackson Lago, o deputado Chiquinho Escorcio, braço direito dos Sarney em seu projeto de esquartejamento do estado com a criação de Maranhão do Sul. Aos poucos o grupo Sarney vai conseguindo seu intento. Vejam a matéria e o vídeo na matéria ” É difícil reconhecer?” http://caiohostilio.com/?p=14824

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens