Fechar
Buscar no Site

Teresina (PI) inclui jornalistas na lista de grupo prioritário para vacinação

A prefeitura de Teresina (PI) incluiu jornalistas na lista de grupo prioritário para vacinação contra a covid-19. A medida, que inclui ainda professores e guardas municipais, foi anunciada hoje pelo prefeito da cidade, dr. Pessoa.

“Tive um fim de semana de reflexão. Estamos preparando um decreto que estabelece que guardas municipais serão vacinados com prioridade, professores serão vacinados com prioridade e jornalistas serão vacinados com prioridade”, afirmou Pessoa.

O objetivo, segundo o prefeito, é priorizar as categorias que estão mais expostas ao vírus visto que há uma escassez de vacinas contra a doença. Trabalhadores da imprensa  e guardas Municipais foram considerados profissionais essenciais desde o início da pandemia.

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) ressalta que a atividade jornalística foi, desde o início da crise sanitária mundial, incluída nos decretos Federal (Decreto 10.288, de 22 de março de 2020) e estaduais como essencial.

A inclusão dos jornalistas entre os grupos prioritários se justifica pelo fato de que, de maneira similar a outras profissões que estão na linha de frente de combate à pandemia, como profissionais de saúde, professores, policiais militares, bombeiros, os trabalhadores da mídia são obrigados a se colocar em risco, garantindo a todo cidadão e cidadã o acesso à informação correta e de fontes credíveis. O jornalismo profissional vem ajudando a combater a circulação das chamadas “fake news” e, consequentemente, contribuindo para salvar vidas.

Conforme o Decreto 10.288, publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União, as atividades da imprensa são essenciais e, por isso, devem ser adotadas medidas para evitar o adoecimento dos profissionais. Assim, é responsabilidade dos governos e dos empregadores adotarem medidas de cautela para redução da transmissibilidade do vírus entre os jornalistas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens