Fechar
Buscar no Site

Suspensão de pequenos eventos não será adotada neste momento no MA, diz secretário da Saúde

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, informou na noite desta segunda-feira (25) que a suspensão de eventos com até 150 pessoas não será mais adotada neste momento.

“Diante das manifestações do segmento de eventos, resolvemos, por ora, não adotar a medida de suspensão de pequenos eventos que se iniciaria amanhã, 26/01/21”, publicou Carlos Lula nas redes sociais.

“Dialogaremos com os envolvidos e o Ministério Público ao longo da semana para deliberar sobre o assunto”, acrescentou.

As demais medidas anunciadas nesta segunda-feira continuam valendo, como a ampliação de leitos, a reorganização do atendimento na Grande Ilha, a suspensão de parte das cirurgias eletivas e a adoção de mais fiscalização.

Veja abaixo um resumo das medidas:

Fluxo de Atendimento

Na Grande Ilha, a rede municipal de saúde, através das Unidades Básicas de Saúde e Unidades Mistas, ficará responsável pelo atendimento de casos leves e nas unidades estaduais serão recebidos os casos moderados e graves através dos Hospitais Genésio Rêgo, Raimundo Lima, Hospital Dr Carlos Macieira (HCM), Hospital de Cuidados Intensivos (HCI) e Hospital Universitário Presidente Dutra.

Além disso, as UPAs do Parque Vitória e Vinhais passarão a ser exclusivas para atendimento de casos de Covid-19. Outros casos serão atendidos nas UPAs Itaqui-Bacanga, Araçagy e SPA da Policlínica do Cohatrac. Já as UPAs da Cidade Operária e Paço do Lumiar serão mistas, atendendo Covid e outros casos. O objetivo é evitar o cruzamento entre pacientes Covid e não Covid, e acelerar o atendimento desses pacientes.

Nas unidades da capital também haverá ampliação de leitos exclusivos para Covid, a exemplo do HCI e do Hospital Carlos Macieira, que passará a ser novamente exclusivo para casos do novo coronavírus. O Hospital do Servidor, anexo ao HCM, receberá os pacientes não-Covid do Carlos Macieira.

Demais regiões

Hospitais de Viana e Santa Luzia do Paruá passarão a receber tanto pacientes de Pinheiro quanto da região de Santa Inês, locais que apresentaram aumento na demanda por leitos. Em demais regiões como Imperatriz e Balsas, o fluxo de atendimento também está bem definido, e inclui unidades municipais que receberão casos leves e moderados e hospitais regionais no atendimento a casos graves da doença.

Carlos Lula destacou, também, a entrega de novos leitos para tratamento da doença. “Além disso, inauguramos 11 novos leitos de UTI nesta terça-feira (26) no Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz, e nos próximos dias, 50 novos leitos no Hospital Aquiles Lisboa, em São Luís, e a nova Policlínica de Açailândia para reforçar o combate à Covid-19”, afirmou o gestor.

Outras medidas

A partir desta terça-feira (26), parte das cirurgias eletivas estão suspensas, assim como serão reduzidas em 50% as consultas ambulatoriais durante o período de 14 dias em toda rede estadual de saúde.

A testagem para Covid-19, em sistema de drive-thru, na Reserva do Rangedor continuará por tempo indeterminado, a princípio com o mesmo público, gestantes e idosos. O trabalho de orientação da Vigilância Sanitária Estadual também será reforçado nos estabelecimentos comerciais.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens