Fechar
Buscar no Site

Senador do MA sugere salva de palmas das janelas em homenagem aos profissionais de saúde

O senador Roberto Rocha (PSDB) decidiu sugerir que hoje, às 21h, os brasileiros batam palmas em suas janelas em homenagem aos profissionais de saúde que estão se dedicando ao enfrentamento da Covid-19.

“Não é uma crise política, é uma crise de saúde pública, com reflexos profundos na economia de nosso país. O momento é de união e não de separação”, escreveu o tucano, em mensagem nas redes sociais.

“Ao invés de panelaço a favor ou contra seja quem quer que seja, vamos nos unir para derrotar o vírus e agradecer quem se coloca em risco por todos nós”, acrescentou. O Antagonista

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Senador do MA sugere salva de palmas das janelas em homenagem aos profissionais de saúde”

  1. Aston Beckman disse:

    Assim como os PMs do Ceará se aproveitaram das vésperas do carnaval, para fazerem paralisação por melhores salários; esta é também uma oportunidade áurea para os Técnicos de Enfermagem do Brasil inteiro forçarem uma pausa, e chamarem empregadores e sociedade para um acerto de contas.
    Essa é a categoria mais marginalizada e explorada da nação: ela serve de “esterco” para adubar o sonho nababesco e a vaidade por glória dos médicos: sentimentos que tanto possuem essa elite clínica!
    Há municípios, onde o plantão de um “doutor” equivale ao ganho mensal de um enfermeiro de formação acadêmica: R$ 2.200,00 ou até mais.
    Optar por ser Técnico em Enfermagem parece uma jornada à autodestruição: exerce uma atividade extremamente insalubre, tanto no aspecto físico quanto no psicológico, pessimamente remunerado….. Depois dessa onda de resgate e vingança entre facções, agora mesmo que os Técnicos, em atividade hospitalar, vivem uma expectativa de terror insustentável. A maioria, ao atingirem os 40 anos, já estão humanamente degradados.
    Quem era importantíssimo sem o Coronavírus, ora, tornou-se imprescindível. Como tudo neste país se dá por oportunismo, este é o momento exato da classe disparar seu grito de protesto!

  2. Aston Beckman disse:

    Essas ‘salvas” de palmas por encomenda, bem deveriam ser chamadas de “perdidas’: pode ser apenas um narcótico, para dopar os coitados pelo entusiasmo, e assim eles mergulharem desprecavidamente na ação de salvar os doentes e as “salvas”, e numa dessa se contagiar e serem rebocados por dona Lucrécia!.
    Seu “Pra Lamentar”, o que esse Pessoal Técnico precisa é de reconhecimento da nobreza do trabalho dele, e que seja proporcionalmente expresso em dinheiro! Somente isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens