Fechar
Buscar no Site

Secretário Carlos Lula acompanha atendimentos no drive-thru de vacinação do Governo contra Covid-19

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, acompanhou, neste sábado (3), os atendimentos no drive-thru de vacinação contra a Covid-19, que foi montado pelo Governo do Estado para vacinar idosos dos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, no estacionamento do Pátio Norte Shopping. Funcionando das 8h às 16h, neste sábado o serviço atendeu idosos a partir de 67 anos, residentes nesses municípios.

“É muito bom poder conversar com as pessoas e saber que elas estão aprovando a iniciativa do drive-thru de vacinação. Tanto Paço do Lumiar quando São José de Ribamar estão tendo a oportunidade de vacinar muitos idosos que nem precisam sair de dentro dos seus veículos, o que proporciona mais comodidade, segurança e agilidade ao processo de imunização”, afirma o secretário Carlos Lula.

Para realizar a vacinação, além de estar dentro da faixa etária do público-alvo, o idoso precisa apresentar documento de identificação com foto, cartão do SUS, cartão de vacinação e comprovante de residência.

Um dos primeiros a serem imunizados neste sábado foi seu Roberto Rodrigues, 67 anos. Morador do município de Paço do Lumiar, o aposentado falou sobre a sua satisfação com o serviço. “Fui muito bem atendido em todos os aspectos, essa campanha aqui está sendo muito boa. Já recebi a primeira dose e agora é aguardar o prazo para tomar a segunda dose. Enquanto isso, continuo me cuidando”, afirma o aposentado.

Maria da Graça aproveitou o fim de semana para se imunizar (Foto: Divulgação)

Dona Maria da Graça, 69 anos, também aproveitou o fim de semana para se imunizar. Moradora do município de São José de Ribamar, ela afirma que a vacina é a principal forma de se proteger do vírus. “Essa iniciativa é muito louvável e graças a Deus chegou a minha vez, mas isso não quer dizer que eu vou parar de tomar todos os cuidados necessários. Outro recado que gostaria de deixar é que as pessoas não tenham medo de tomar a vacina quando chegar a sua vez, pois a imunização é muito importante para acabar com essa pandemia”, destaca a aposentada Maria da Graça.

Até a última quinta-feira (1º), já haviam sido vacinadas 839 pessoas, sendo 344 idosos do município de São José de Ribamar e 495 idosos de Paço do Lumiar, a expectativa é que neste sábado o drive ultrapasse a marca de mil idosos imunizados.

Na segunda-feira (5), o público-alvo da imunização passa a ser pessoas a partir de 65 anos de idade.

Fluxo

Os idosos do público-alvo da vacinação que chegam ao drive passam por uma pré-triagem, onde é verificada a faixa etária e a residência em um dos dois municípios parceiros na ação. Logo após, é feita a triagem, onde é verificada a temperatura e aplicado um questionário para saber se o idoso não apresenta sintomas gripais e se está apto ou não para tomar a vacina. Passando por esta etapa, ele é encaminhado para o procedimento de imunização.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Secretário Carlos Lula acompanha atendimentos no drive-thru de vacinação do Governo contra Covid-19”

  1. Aston Beckman disse:

    A terra possui “instinto de autodefesa”, assim como um animal cargueiro: se o “peso” for excessivo, ele tende a lançá-lo fora.
    Do mesmo modo reage o nosso planeta: ele tem seus mecanismos naturais de regulação demográfica, sensíveis à degradação. Quase sempre, quando o quantitavo populacional e seus danos atingem um “ponto de corte”, o gatilho de ajuste ecossistemático dispara. Cumpre ressaltar: o fator precipitante desse acionamento, na maioria das vezes, é a antropocidade; por isso, o efeito rebote recai sobre o próprio causador, o homem (antropo) – nada mais justo. As ações humanas contra a natureza, provocadas pela necessidade de sobrevivência; e mais devido à ganância de uns, para atender a vaidade de consumo de todos, vão destruindo os micros, minis e macroelementos capazes de garantir as mínimas condições de vida aqui.
    Ao estágio em que chegamos, tentarmos remendar o que já foi esgarçado, mantendo a mesma multidão vigente, parece impossível.
    – A estas ulturas, a medida mais eficiente e saneadora seria a deflagração de uma campanha mundial convincente, sob os auspícios da ONU, objetivando incitar as pessoas ao suicídio coletivo. Já prevendo resistências por parte de muitos, outras ações complementares deveriam ser adotadas, em todos os governos, como por exemplo: reduzir a oferta de serviços públicos que pudessem estimular ou amparar a procriação. Tal rigor ia-se afrouxando, gradativamente, a fim de evitar um desequilíbrio abrupto entre indivividuos velhos X jovens: cujo balanceamento deveria ser feito, conforme a desproporção abservada em cada país. Nessa linha de procedimentos, poder-se-ia pensar até na esterilização, como catalisador para desacelerar a taxa de natalidade.
    Após a depuração prescrita, aqueles que restassem como humanidade, certamente, teriam melhor qualidade de vida. E o mais positivo: já traziam consigo um exemplo traumático, o suficiente para despertar neles – não o exagero duma relação de ortobiose com o ecossistema – mas a consciência para submeterem as suas necessidades e confortos às regras ambientais. Visto que, atualmente, até analfabetos sabem que a Superpopulação ou Explosão Demgcráfica constitui a matriz de quase todas as desgraças contemporâneas e dos últimos tempos.
    PS: não se trataria de uma Seleção Darwiniana ou de Darwin, porém, uma Faxina de Ixtab (deusa dos suicidas, na Civilização Maia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens