Fechar
Buscar no Site

Sarney: “Se não fossem os meus conhecimentos médicos, eu teria ido embora…”

Do blog do Josias de Souza

A crônica da internação de José Sarney esconde uma passagem só revelada pelo presidente do Senado a amigos que privam de sua intimidade. Um detalhe que, na versão do moribixaba do PMDB foi decisivo para antecipar a cirurgia que o livrou de um infarto.

No pedaço já noticiado, Sarney sentiu-se mal na noite de uma Sexta-feira 13, ligou para o cardiologista Roberto Kalil Filho na manhã do sábado, submeteu-se a exames preliminares, foi medicado e teve a angioplastia marcada para a manhã de domingo. Voltou a sentir dores no peito de madrugada e a cirurgia foi antecipada.

Na passagem que não chegou ao noticiário, Sarney telefonou para um velho amigo no início da madrugada de sábado para domingo –um médico octagenário de São Paulo, já aposentado, que não integra o staff do hospital Sírio Libanês.

Sarney conhece-o há mais de 40 anos. Relatou-lhe o que havia sucedido: os exames, a medicação, a previsão de angioplastia e o novo mal-estar. O amigo aconselhou a antecipação da cirurgia.

Primeiro porque achava que o quadro clínico pedia pressa. Segundo porque, conhecendo o paciente e seus pendores para a hipocondria, enxergou no telefonema noturno um prenúncio de que Sarney teria uma noite intranquila, num grau de tensão indesejável.

Na versão relatada em privado por Sarney, o amigo cuidou de contactar a equipe médica do Sírio. Deu-se, então, a antecipação da angioplastia que desobstruiu no peito de Sarney a obstrução detectada numa das principais artérias do coração, a artéria descendente anterior.

Após uma semana de molho hospitalar, Sarney deveria ter recebido alta na segunda (23). Os médicos preferiram retê-lo no leito por mais um dia, para a realização de exames finais. A filha Roseana Sarney, governadora do Maranhão, que se encontra em São Paulo, informou a um auxilar do senador que a verificacão já foi feita e que o quadro é de normalidade.

Além de Roseana, estiveram com Sarney nesse dia dos derradeiros exames o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD) e um desembargador do Tribunal de Justiça do Estado. Por precaução, Sarney deve permanecer o resto da semana em São Paulo.

Dias atrás, em diálogo telefônico com um auxiliar do Senado que o acompanha desde os tempos de presidente da República, Sarney comentou: “Aaahhh, esse seu amigo aqui quase foi embora. Se não fossem os meus conhecimentos médicos, eu teria ido embora…”

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

7 respostas para “Sarney: “Se não fossem os meus conhecimentos médicos, eu teria ido embora…””

  1. Carvalho disse:

    Não se prenda por nós…

  2. Vaicomdeus disse:

    Ia fazer uma falta danada pro maranhão.

  3. marcos disse:

    quem foi o fdp que ensinou isso pra ele ?

  4. RONNIE JAMES DIO disse:

    nunca acreditei nesta internação de sarney,para mim isto foi mais um drama que este velho oligarga criou na midia nacional,havia dois fatos ocorrendo na politica que estava ou estar atrapalhando o velho rato o primeiro era a escolha do candidato para prefeito de são luis onde haveria uma eleiçao interna no pt maranhense e quem ganhou foi o vice governador washington macacheira candidato do seu grupo,outra questao que ainda não acabou só estar começando é a cpi do cachoeira isto sim vai ser motivo para que um dia este velho ratao se interne pra valer e sofra um ataque para ele pagar por suas maldades com o povo maranhense,estes politicos maranhenses em especial membros desta familia não se interna em nenhum hospital aqui em são luis tudo é só no albert einsten em são paulo.pois em sao paulo a midia faz cobertura,eles ganham destaques na imprensa até com doença.um dia a coisa pega pra cima de te sarney e bando não brinquem com doença.

  5. Anonimo disse:

    O curioso é que Roseana e Ricardo Murad dizem
    que a saúde no Maranhão está ótima mas não con-
    fiaram em trazer o velho de Brasília para interná-
    lo pelo SUS aí mesmo em São Luis. Será por quê?
    A grande verdade é que Tancredo está chamando
    Sarney e mais cedo ou mais tarde ele descerá nas
    cordas, para alívio nosso…

  6. Darcy disse:

    Ô, anônimo! Você se acha uma boa pessoa quando deseja o mal do próximo? O mais provável é que vá para o cemitério antes do Sarney. Você tem o direito de criticar a política dele, mas não o desejar o mal para quem quer que seja. Cedo ou tarde cada um terá o que merece. Pode esperar.

  7. Heloisa disse:

    Pena que ainda não foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens