Fechar
Buscar no Site

Sarney Filho diz que discurso de Bolsonaro Cúpula do Clima foi para americano ver

O secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, Sarney Filho, que foi ministro do Meio Ambiente em duas oportunidades, de 1999 a 2002, no governo de Fernando Henrique Cardoso, e de 2016 a 2018, na gestão de Michel Temer, é uma referência em questões ambientais no Brasil. Acompanhando as dificuldades enfrentadas pelo Brasil na Cúpula dos Líderes Sobre o Clima, Sarney disse que não adianta belos discursos sobre as conquistas ambientais do Brasil no passado. “Lamentavelmente, nesses dois anos e quase quatro meses de mandato, assistimos à destruição sistemática e brutal do que a sociedade brasileira levou tanto tempo para conquistar”, lamentou.

O que levou o Brasil a essa situação em que se encontra hoje com relação ao clima, perante a comunidade internacional?

O governo não tem dado continuidade à política ambiental que vinha sendo desenvolvida no País, como a defesa do meio ambiente e o apoio e fortalecimento aos órgãos de proteção e fiscalização. O que houve desde o início do governo Bolsonaro foi uma desconstrução, mas isso não é novidade para ninguém, esse sempre foi o discurso dele. Os conselheiros do presidente na área de meio ambiente são garimpeiros criminosos e os grileiros de terra. Ele não trata da questão ambiental com os empresários sérios do agronegócio. Estes sim, estão muito preocupados com esta política ambiental. O setor do agronegócio está preocupado porque o consumidor está cada vez mais exigente e pode não querer mais comprar produtos de um país que trata o meio ambiente como o Brasil está tratando.

Se o desmatamento da Amazônia continuar como está, a floresta pode chegar a um ponto de inflexão?

Essa é uma constatação científica. De acordo com estudos, se o desmatamento chegar a 25% da floresta, poderá haver uma autotransformação de muitas áreas em savanas. Espero, sinceramente, que o governo mude o rumo da política ambiental, que passe a fazer uma política de Estado.

Quais são as chances de o governo brasileiro conseguir mudar sua imagem perante o mundo?

O governo não dá demonstração de que vai mudar. Os outros governantes já estão ressabiados. Hoje em dia, como a tecnologia é muito fácil saber se há desmatamento numa área. Não se engana ninguém. O discurso do presidente Jair Bolsonaro na cúpula do clima convocada por Joe Biden, infelizmente, foi para inglês ver. Muito bem redigido, com a digital clara, do Itamaraty, que tão bem conhece a trajetória da discussão climática internacional, assim como as posições históricas do Brasil. O discurso seria coerente se proferido por qualquer governo brasileiro anterior ao atual. Na boca do artífice desse projeto anti-ambiental, as justas palavras moldadas pela diplomacia se transformam em pura e total hipocrisia.

Tem chances de os líderes mundiais darem alguma ajuda financeira ao Brasil?

Se alguma ajuda eles podem dar ao Brasil neste momento, é apoiar a soberania do nosso povo para revertermos, com a força pacífica da democracia e a defesa das instituições e da Constituição, esta infeliz situação. (Jornal de Brasília)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Sarney Filho diz que discurso de Bolsonaro Cúpula do Clima foi para americano ver”

  1. Aston Beckman disse:

    Seu sobrenome pode até não inspirar credibilidade, mas a sua experiência e a forma apaixonada como ele defende o meio ambiente, isso sim; credencia-o a interpretar as intenções de quem se diz “abraçar a causa”, apenas no bafo!

  2. João Batista disse:

    SARNAS…. SARNAS…SARNAS….. que carma pesado do MARANHÃO e seu povo…. essas SARNAS não vão para o CÉU…..kkkk cruz credo… será que o LE BARON deu a eles a IMORTALIDADE ?????? CRUZES— xô satanás,,, para o inferno.
    TODOS OS MARANHENSES decentes, do bem, patriotas, éticos, CRISTÃOS deveriam ter HORROR, PAVOR, NOJO, REPUGNÂNCIA , aversão somente em ver a palavra SARNA e as FIGURAÇAS SARNAS então ,,,, cruz credo ….. seres do abismo das trevas, LADRÕES DE BILHÕES do povo maranhense e brasileiro.
    VAMOS TOMAR VERGONHA NA NOSSA CARA e ter 1 gota de PATRIOTISMO, NA DEFESA DO MARANHÃO e do BRASIL. TODOS OS SARNAS para o LIXÃO e depois DEUS os LEVA PARA O DESTINO FINAL de ladrões do povo= O INFERNO.

  3. Getúlio Leite disse:

    Alguém sabe me dizer o que esse aprendiz de ajudante de secretário do meio ambiente do Distrito Federal fez até agora pelo GDF? Procurem informações ao povo de Brasília, porquanto ninguém viu ou ouviu alguma proposta desse senhor para o meio ambiente.Procurar o que fazer faz bem para quem não tem nenhum compromisso nem ocupação para justificar tal cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens