Fechar
Buscar no Site

Sarney é cinco estrelas, concorda?

Felipe Patury (Época)

Nem no seu Maranhão o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), recebeu um elogio deste. Professor emérito de Ciência Política da City University of New York, Ronald M. Schneider classificou-o como:

1) o melhor presidente para uma transição democrática, por ter patrocinado uma nova constituição, criar programas sociais e lançar um programa econômico;

2) campeão mundial em vitórias eleitorais – ninguém teria vencido tantas eleições;

3) intelectual de melhor desempenho presidencial – pobre Fernando Henrique Cardoso;

4) campeão mundial em manutenção de liderança política, por presidir o Senado 22 anos depois de deixar o Planalto;

5) único ex-presidente a se tornar um líder congressional de proa.

“Essas excepcionais realizações e contribuições fazem de José Sarney uma verdadeira combinação cinco estrelas de político e homem de estado”, diz Schneider em carta.

Não acredita? O texto original está em inglês logo abaixo:

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

4 respostas para “Sarney é cinco estrelas, concorda?”

  1. Rogerio Mendes disse:

    Caro John,
    Como se escreve BABÃO em inglês?

  2. Macabeu disse:

    Sarney, devia era criar vergonha, se dizer maranhense e ter patrocinado uma escalada de miséria no seu Estado natal durante cinco década. Quando morrer, e isso não está longe, vai ser esquecido como uma praga, que assolou o Maranhão, deixando seus conterrâneo pobre, analfabeto e sem esperança.

  3. A Madre Superiora disse:

    Essa mundiça é um fenômeno!
    Antes de 1985, o Honorável Era um fiel da turma dos militares.
    Quando viu que aquela barca véia ia afundar, caiu fora.
    Um fenômeno!
    Chegou à Presidência do Brasil por um milagre e fez um dos piores governos da atualidade.
    Se fez algo de útil, qualquer um, no lugar dele, iria fazer o mesmo, pois era a transição, qualquer cachorro iria fazer o mesmo.
    Saiu da Presidência do Brasil direto para a terra onde judas perdeu as botas. Queria de qualquer jeito ser Senador, até hoje é.
    Um fenômeno, pois apesar de todos os escândalos, de todas as denúncias, de todos os atos secretos, de todos os empregos dados aos seus, ele continuou firme e não largou o peitão gordo, o osso gostoso.
    Um grande homem, nunca na história desse país, um político foi homenageado com tanta emoção como Sarney foi. Aconteceu essa homenagem em 2011, no Rockin Rio. 100 mil vozes bradavam seu ilustre nome.
    Com certeza nosso honorável Sarney é um grande cidadão.

  4. lisa disse:

    Esse senhor vive onde mesmo???????? Ah, nos Estados Unidos…………….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens