Fechar
Buscar no Site

Sarney diz que crise nos Tranportes é ‘caso superado’

Folha de São Paulo

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), afirmou nesta quarta-feira que considera “um caso superado” a crise que derrubou a cúpula do Ministério dos Transportes e órgaos ligados após denúncias de Corrupção.

O peemedebista ainda disse que o diretor afastado do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Luiz Pagot, foi “firme” no depoimento ontem no Senado sobre o esquema de superfaturamento de obras e pagamento de propina.

Para Sarney, a posse de Paulo Sérgio Passos no Ministério dos Transportes estanca a crise e agora é preciso esperar o resultado das investigações do esquema.

Passos era secretário-executivo do Ministério e foi nomeado anteontem pela presidente Dilma Rousseff, sem aval de parte do PR, partido que controla a pasta desde o governo Lula. Ele assumiu o posto de Alfredo Nascimento, presidente do partido, demitido com as denúncias.

“Considero que é um caso superado. Agora é as autoridades iniciarem as investigações do que remanesce como assuntos levantados como ilícitos no ministério.”

Sobre Pagot, o presidente do Senado disse que ele explicou sua postura à frente da autarquia. A fala de Pagot aos senadores agradou o Planalto porque ele não envolveu outros integrantes do governo no esquema. O diretor afasto presta desde o início da manhã explicações na Câmara.

“Pelo que vi das explicações do senhor Pagot, acho que ele foi firme ao explicar normas burocráticas e ao mesmo tempo a sua conduta à frente do Dnit.”

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Sarney diz que crise nos Tranportes é ‘caso superado’”

  1. maria disse:

    Parece brincadeira…depois de tanta denúncia, inclusive com demissão do Ministro, o Sarney acha que está tudo superado???E a apuração dos fatos….Mas como tudo termina em pizza, inclusive os”ATOS SECRETOS”……………..

  2. Jose do Rêgo disse:

    De que lado SARNEY está? Claro!… Do lado inquestionável do poder. Dar apoio a um péssimo MINISTRO é dever dele e de seus cupinchas. Está do lado de DILMA ROUSSEFF é bem melhor para ele. Deixa ela meter o “PAU””, que ele também mete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens