Fechar
Buscar no Site

São Luís sedia abertura oficial do Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação

São Luís foi escolhida, pelo Ministério da Saúde, para sediar a abertura do Dia D da Campanha Nacionde Multivacinação, realizada neste sábado (16). Junto do prefeito Eduardo Braide, o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, que veio à cidade para o evento oficial de mobilização pela data, visitou um posto de imunização montado no Parque do Bom Menino, na região do Centro. A Prefeitura ofereceu mais de 70 postos espalhados pela capital abertos, entre 8h e meio-dia, para atualização da caderneta de vacina de crianças e adolescentes menores de 15 anos.

De acordo com o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, São Luís foi escolhida por ter sido destaque nacional na Campanha de Imunização contra a Covid-19, tendo imunizado completamente, até ontem (15), 89,1% de sua população vacinável. Além disso, a capital maranhense foi a primeira a iniciar a vacinação de adolescentes com mais de 12 anos e, ainda, a ter iniciado a aplicação da terceira dose em idosos de 60 ou mais e já estar reforçando o esquema vacinal de imunossuprimidos e profissionais de saúde.

“O Dia D de multivacinação tem São Luís como a capital do Brasil pela eficiência que a Prefeitura de São Luís tem em nossa campanha de vacinação [contra o novo coronavírus], fazendo com que os indicadores do enfrentamento à Covid-19, aqui neste município, seja um exemplo para o Brasil”, destacou Queiroga, que lembrou da necessidade de os pais e responsáveis levarem os filhos até os postos para vacinar contra doenças já erradicadas, mas que podem ressurgir caso a cobertura vacinal contra elas tenha declínio considerável em todo o país.

Dentre as vacinas disponíveis nos postos durante a Campanha Nacional de Multivacinação, que segue até o dia 29, estão: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide, reforçou o discurso do ministro, de que é preciso atualizar a caderneta de vacina de todas as crianças e adolescentes de até 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias), e agradeceu a todos os profissionais de saúde da capital, que têm executado árduo trabalho para manter a cobertura vacinal local contra doenças comuns nos primeiros anos de vida, que podem deixar sequelas graves e até levar a óbito.

“A equipe de imunização de São Luís tem sido guerreira nessa luta desde o primeiro dia. Se São Luís é a capital da vacina [contra a Covid] deve-se a todos esses profissionais que fazem o dia a dia e fazem com que a vacina chegue no braço daqueles que mais precisam. Os nossos profissionais de saúde são o orgulho de São Luís, do Maranhão e do país. E eu conto com a mesma dedicação, o mesmo empenho e amor de todos para que a gente possa tornar São Luís campeã na campanha de multivacinação”, completou o prefeito Eduardo Braide.

A atualização da situação vacinal aumenta a proteção contra as doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos. A mobilização nacional é uma estratégia adotada pelo Ministério da Saúde e é realizada com sucesso desde 1980, tendo sido efetiva “para garantirmos, cada vez mais, a erradicação e o controle de determinadas doenças”, pontuou o titular da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), Arnaldo Medeiros, que compôs a comitiva do Ministério da Saúde na viagem a São Luís.

Estavam acompanhando o ministro Marcelo Queiroga, o secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente e a especialista em imunização e representante da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) no Brasil, Lely Guzman. Também estiveram presentes, o secretário municipal de Saúde de São Luís, Joel Nunes e o superintendente estadual de saúde do Maranhão, Antonio Banhos Neto.

Participaram, também, da cerimônia de abertura do Dia D, a vice-prefeita de São Luís, Esmênia Miranda; a deputada estadual Helena Duailibe (Solidariedade); os vereadores Gutemberg Pires (PSC), que é vice-presidente da Câmara de São Luís., e Álvaro Pires (PMN); e os secretários de Comunicação, Igor Almeida; de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso; de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Liviomar Macatrão; de Meio Ambiente, Karla Lima; de Planejamento, Simão Cirineu; e o presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Joabson Júnior.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens