Fechar
Buscar no Site

Roberto Rocha joga pá de cal na candidatura de Wellington do Curso: “Nosso compromisso com Braide foi firmado em 2018”

Foto: Reprodução

O presidente estadual do PSDB, senador Roberto Rocha jogou a última pá de areia em uma possível candidatura do deputado Wellington do Curso a prefeito de São Luís. Rocha revelou que o acordo dos tucanos apoiarem Eduardo Brade (Podemos) foi firmado desde 2018.

Nosso compromisso com Eduardo Braide foi firmado em 2018, portanto há dois anos, na presença do deputado Wellington (do Curso). Onde está a traição que os comunistas alegam?”, disse Roberto Rocha ao blog Propagando do jornalista Ricardo Fonseca. (veja vídeo acima)

Nesta quarta-feira, ao programa Ponto e Vírgula (Difusora FM), Wellington do Curso voltou a dizer que é pré-candidato a prefeito e que Roberto Rocha foi infeliz na sua declaração em ter defendido o apoio da oposição ao nome de Braide no primeiro turno. Wellington foi questionado se a atitude de Roberto é um ato de traição.

Ele [Roberto Rocha] foi de certa forma infeliz, pois em março deste ano garantiu que eu seria candidato. Eu tenho o apoio da direção nacional, estadual e municipal e disputarei a prefeitura de São Luís. Eu só desistiria caso eles me provassem que Braide vence no primeiro turno. Não tem essa comprovação e eu sigo firme na minha candidatura“, asseverou do Curso.

Rocha entende que a oposição deve se unir a Eduardo Braide fim de que a eleição na capital seja decidida logo em primeiro turno, pois Braide correria risco de perder em um eventual segundo turno.

Wellington já assegurou que não aceitará desistir e nem ser vice de Braide.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens