Fechar
Buscar no Site

Regina Duarte deixa secretaria da Cultura

A atriz Regina Duarte não é mais secretária especial da Cultura do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Ela foi remanejada hoje de suas funções e assumirá a Cinemateca em São Paulo.

Bolsonaro postou um vídeo no Twitter ao lado da atriz para justificar a decisão. De acordo com ele, ela sente falta de sua família. Regina Duarte definiu a mudança como um “presente”.

“Regina Duarte relatou que sente falta de sua família, mas para que ela possa continuar contribuindo com o governo e a cultura brasileira assumirá, em alguns dias, a Cinemateca em SP. Nos próximos dias, durante a transição, será mostrado o trabalho já realizado nos últimos 60 dias”, tuitou Bolsonaro, que postou também um vídeo ao lado da atriz.

No início do mês, com exclusividade, a Crusoé mostrou que, em conversa com uma assessora, Regina acreditava estar sendo fritada por Jair Bolsonaro (leia aqui e ouça aqui).

O nome mais cotado para suceder Regina na Cultura, como noticiamos nos últimos dias, é o ator Mário Frias.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Regina Duarte deixa secretaria da Cultura”

  1. Edgar disse:

    Eita governo bagunçado crise para todos os lados sanitária, política, econômica, ministerial, enquanto isso o Brasil parado sem confiança do mercado externo, o governo e seus filhos e os ex ministro e a polícia federal esta em audiência absoluta assim ninguém aguenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens