Fechar
Buscar no Site

Regime escravo de trabalho dos policias militares; comandante é exonerado

Boa tarde meu caro John Cutrim, quero contar com sua ajuda e prestígio para denunciar a situação como nós policiais militares somos tratados pelo governo do estado e parte dos comandantes.

Sou soldado da PMMA, trabalho em uma unidade da capital. Lá somos obrigados a aceitar uma escala de 24 horas de serviço por 48 de folga. Parece muito tempo de folga né? Mas agora, considere que entramos às 07h30 no serviço, temos que está lá antes deste horário e tirar falta, para tanto tenho que sair de casa às 06h30, pois moro longe do trabalho. Passamos o dia inteiro no serviço, sem direito a uma alimentação digna, pois o cardápio é repetido e muitas vezes a comida fria. Só no outro dia, quando enfim saímos de serviço, as 07h30, é que podemos descansar, pois no quartel não há cama nos alojamentos e temos que colocar colchões no chão para poder descansar em média 5 horas por noite. Parece escravidão não? Só falta não recebermos mais o salário para igualar a essa condição. Tem mais um outro problema: nesta escala, em uma semana trabalhamos 48 horas semanais, e na outra semana seguinte trabalhamos 72 horas semanais. É essa a condição de trabalho que o governo chama de digna?

Agradeço a sua atenção.

Retaliação de Roseana a comandante

A governadora Roseana Sarney não parece nem um pouco interessada em negociar com os policiais militares e bombeiros que pretendem parar suas atividades a partir desta quarta-feira, 23. O reflexo dessa postura pode ser percebido em Timon com uma medida tomada pelo Comando Geral da Polícia Militar: o Major Paiva, comandante do 11º Batalhão da cidade, foi exonerado do cargo nesta terça-feira.

Entre a corporação local é opinião comum de que o afastamento tem haver com a paralisação dos policiais ocorrida no último dia 08. Naquela data, o governo do Estado pediu o fim do movimento, prometendo que em três semanas negociaria com a categoria um entendimento. O tempo passou e nada de acordo. Pelo jeito, o governo parece mesmo disposto a abafar o movimento.

A mudança no comando do batalhão timonense estaria associada ao fato do ex-comandante Major Paiva ter feito pouco para impedir a paralisação no batalhão local. (Blog do Elias Lacerda)

Nota ao movimento paredista: Este blog continua à disposição dos policiais militares e bombeiros. Quem quiser se manifestar ou desejar mandar informações pode continuar entrando em contato através dos e-mails: [email protected] e [email protected] ou pelo telefone (98) 8811-9540.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

7 respostas para “Regime escravo de trabalho dos policias militares; comandante é exonerado”

  1. Willians Dourado disse:

    Um recado para a Governadora, prepare para o dia 24/11/2011, vários atos de exoneração de comando de unidades (Batalhões) e subunidades (Companhias) porque nem um comandante vai poder conter o ânimo tropa de lutar pelo seu direito.
    Unânime vai ser a decisão pela paralisação.
    Major, você foi exonerado mas saiu com dignidade.
    Agora, venha somar com o movimento.
    Precisamos de você.
    Willians Dourado – Advogado e Capitão Reformado

  2. José Rodrigues disse:

    Quinta feira se aproxima, o teatro de batalha está se desenhado. De um lado a PM do outro o Governo de Roseana Sarney. Táticas e estratégias estão sendo traçadas pelos dois lados, o ideal nesse momento é o diálogo, mas já evoluímos para a guerra de declarações, nos blogs PM’s mostram determinação e coragem, o governo responde com ameaças, com mais ou menos intensidade dependendo do bocarrota de plantão. A oligarquia saiu na frente usando o princípio da fuga ante a força: “Se usarmos a força contra um sistema em equilíbrio, este se desloca no sentido da reação, a fim de neutralizar a força”, ou seja, diante da força, resta-nos a fuga para evitar que a força continue, mas o histórico do grupo Sarney não permite um bom prognóstico, e a força deve continuar contra os rebeldes por bastante tempo, não sei se isso vai dar certo, depende da coragem dos PM’s, é a primeira fase da batalha. Quanto às armas? Ah! O governo tem a seu lado o Estado, o império das leis e a força, pode contar com a Forçar Nacional e as Forças Armadas (uma das ameaças) além de um poderoso e subserviente sistema de mídia local. Resta aos rebelados conquistar a mídia nacional (será seu maior trunfo), o apoio popular e da AL, mas isso não será tarefa fácil. Segundo pesquisa do IPEA em 2010, apenas 5,6% da população do Nordeste confiam na PM, já as forças armadas, segundo estudo da ICJBRASIL-FGV, gozam de 63% de confiança, porém perdem para o Corpo de Bombeiros (86%), por isso eles devem assumir a linha de frente desse movimento. Se no Rio, aquele movimento fosse exclusivo da PM, como foi dos BM’s o resultado seria diferente. Na AL não terá limonada, dos 42 deputados, 27 são capachos de Sarney e não ousam ficar contra a fanfarrona. Está posto o desafio aos rebelados. Terão que articular apoio na sociedade, explorando principalmente a baixa popularidade da oligarquia na Capital e em Imperatriz, concatenando ações populares com o noticiário nacional, terão que tentar desestabilizar o governo, isso traria apoio dos partidos de oposição e de todos os que não suportam o clã Sarney. Não sou a favor de greve na PM, mas, se isso ajudar a derrotar a oligarquia… O desproporcional poderio do governo não será certeza de vitória, vai ganhar quem conquistar o apoio popular e da mídia nacional, nesse terreno os BM’s levam vantagens. Caso a greve se concretize, a PM afrontará a maior gangue do Maranhão, o inimigo é poderoso, se não souberem se articular terão que afogar as magoas em meio a grades, tragos e coladas.

  3. Bernal Arantes disse:

    MÉRITO DAS POLÍCIAS DO RIO DE JANEIRO?

    Nunca! Ao contrário, foi graças à custódia paga a peso de ouro às PMRJ e PCRJ que o narcotráfico reinou blindado nos morros cariocas por décadas. Quando o Nem foi detido, os PMs forjaram uma especiosa situação de extorsão por parte de comparsas do Nem. Os policiais extremamente patriotas, nacionalistas, chauvinistas e “caxias” prontamente recusaram o arreglo. Somente os otários acreditam em tamanha farsa; se eles arrancam até R$ 10,00 do bolso de um transeunte! Eles tinham sim, a convicção de que estavam sendo monitorados e grampeados por agentes do Gabinete Institucional, PFs, arapongas da ABIN etc.
    Depois dessa demonstração axiomática de alta traição, não dá mais para adiar – o governo federal deve extinguir as polícias estaduais urgentemente – elas representam a mais grave ameaça às vidas dos indefesos e da própria sobrevivência da democracia. Pois foi pelas mãos criminosas dessas milícias que o Crime Organizado evoluiu de Poder Paralelo para Poder Entrelaçado ao Estado. Nas unidades da federação limítrofes com outros países é que o bicho está feio; a Polícia Federal tem levado baile da parceria: bandidos legalistas/bandidos escusos. O Brasil inteiro vive no padecer mórbido da militofobia. Essa coisa de “caso isolado”, não passa de tango pra Mané dançar. Nessas fileiras, quem não é delinquente é cúmplice e/ou omisso. Não demora chegar ao ponto de a população optar pela simaquia: PV/PCC.
    A repugnância contagia a maioria esmagadora da comunidade produtiva da nação!

  4. Macabeu disse:

    Olha vou te dizer, essa governadora é uma despreparada, tremenda de uma irresponsável, diz o que manda ela dizer, ela não tem um pingo de noção o que é um bando de militares indignados, eu acho até, que a maioria tem sangue de barata, talvez não, mas, se eles se deixar desmoralizar por esta governadorazinha de meia tigela, pode fechar pra balanço esta Instituição, e parar de chamar-la de Briosa, que vai servir de chacota, para a população.
    Militares, deixem de pedir de joelho, tome tenência, enfrente esta fera em pé, ou então vão para casa, e mande suas mulhers e filhos, resolver os problemas de Voces ou…

  5. LUDMYLLA disse:

    A FAMILIA MACABRA QUEREM LEVAR O QUE AINDA RESTA DO POVO MARANHENSE A LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

  6. JOTA disse:

    SENHOR CORONEL FRANKLIN, COMO EX AMIGO SEU, POIS, AGORA ME DECLARO O SEU PIOR INIMIGO, O SEUS DIAS ESTÃO CONTADOS, ASSIM COMO VOVE TRAIU O MAJ PAIVA, QUE INCLUSIVE ESTAVA CONTRA A GREVE, E DEIXOU OS FALSOS AMIGOS QUE VÃO TE TRAIR, É TRAIRA COMENDO TRAÍRA, QUE VER, OS QUE ESTÃO COM VOCÊ SÃO OS FALSOS, MAS, VC MERECE É ISSO, ODESPRESO E APAGAR O CORONEL MELO E FICAR O SENHOR, COMO O PIOR COMANDANTE DO BARSIL, SÓ SABE É BRINCAR DE BOI, COMPAR TÍTULOS DA MAÇONARIA, QUE JÁ VIU A SUA TRAIÇÃO. VC TRAIU O CORNEL VIEIRA, MANDANDO OS CORONEIS SUBSERVIENTES VOTAREM CONTRA ELE NO QUADRO DE ACESSO. ORA, SE VOCÊ TRAIU O PRÓRIO VIEIRA, QUE TE COLOCOU NESSE CARGO, IMAGINEM, A GOVERNADORA VAI TE ISONERAR ANTES DE VOCE TRAIR ELA.

    WILLIAN DA TUA TURMA E O CAP EONALDO CAMPOS TEM RAZÃO, SÓ DA PODER A UM APAGADO IGUALA VC, E É ISSO QUE DÁ

  7. Paulo Santos disse:

    Pessoal vcs só falam do da PMMA e o CBMMA que tem um comandante ditador truculento , só ajuda os trio da turma dele , Durans , Lauro e Róberio. Cel. Pessoa coitado é um lambe botas usa o carro do Comando Operacional para levar filhos para o Colégio assim como o Subcomandante Lauro que deixa o filho no Marista do Araçagy, Essa Governadora está mal acessorada eese aluisio é muito complicado.Mudança Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens