Fechar
Buscar no Site

Procurador desmente declaração sobre cassação de governador

A assessoria de comunicação da Procuradoria Regional Eleitoral no Piauí enviou nota ao blog contestando declarações atribuídas ao procurador regional eleitoral no Piauí, Marco Aurélio Alves Adão, ao qual teria afirmado que a cassação do governador do Piauí, o médico Wilson Martins (PSB), seria “questão de tempo”.

Na nota, o procurador eleitoral enfatiza que não foi consultado ou entrevistado e ressalta que jamais emitiu juízo de valor sobre os processos que estão em curso na Justiça Eleitoral, antes do julgamento.

Bem, vale esclarecer que a postagem publicada no blog foi baseada em matérias publicadas nos veículos de comunicação do Piauí. Em verdade, em nenhum momento contactamos ou falamos com o procurador em questão, apenas, sim, divulgamos o que foi noticiado em alguns órgãos de informação do estado vizinho.

Pelos possíveis transtornos causados ao procurador, o blog se retrata em público publicizando abaixo os esclarecimentos enviados pela PRE do PI.

Nota de Esclarecimento

A Procuradoria Regional Eleitoral no Piauí (PRE/PI), por meio de sua Assessoria de Comunicação, vem a público desmentir as afirmações publicadas, hoje (12), no blog do jornalista Jonh Cutrin, hospedado no site do Jornal Pequeno, no Estado do Maranhão.

De acordo com o blog, em afirmações colocadas entre aspas, o procurador regional eleitoral no Piauí, Marco Aurélio Alves Adão, teria afirmado que a cassação do governador do Estado do Piauí seria uma questão de tempo.

O procurador eleitoral enfatiza que não foi consultado ou entrevistado, como sugere a reportagem, e por isso repudia veementemente as afirmações atribuídas a ele, ressaltando que jamais emitiu juízo de valor sobre os processos que estão em curso na Justiça Eleitoral, antes do julgamento.

O procurador lamenta que fatos como esses aconteçam, já que sempre se disponibilizou, e se disponibiliza, a atender a imprensa na produção de matérias que envolvam o Ministério Público Eleitoral.

Assessoria de Comunicação

Procuradoria da República no Piauí

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens