Fechar
Buscar no Site

Prefeitura de São Luís e parceiros inauguram Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos

A Prefeitura de São Luís, a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE) e o Governo Federal inauguraram a Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos de São Luís. A parceria tem como objetivo assegurar a destinação ambientalmente correta destes produtos descartados pela população após o consumo. Com isso, a capital entra na rota da reciclagem deste tipo de resíduo, combatendo o descarte irregular e danos ao meio ambiente.

“São Luís passa a ser uma cidade mais sustentável agora que integra a Política Nacional de Logística Reversa. A partir de agora, as empresas que fabricam e comercializam itens eletroeletrônicos em nossa cidade passam a ter responsabilidade com a destinação final destes resíduos, evitando que eles sejam descartados irregularmente nas vias públicas, cursos d’água e outros locais que causem poluição ambiental. E a população também tem a garantia de que o produto descartado será reciclado. Além disso tudo, vamos gerar emprego e renda em parceria com a COOPRESL, cooperativa que vai receber todo este material”, destacou o prefeito Eduardo Braide.

A central funciona no galpão da Cooperativa de Reciclagem de São Luís (COOPRESL). A cooperativa funciona em galpão construído e cedido pela Prefeitura de São Luís. O espaço é anexo ao Ecoponto Vila Isabel, localizado na Avenida dos Portugueses, bairro Vila Isabel, área Itaqui-Bacanga.

O evento que celebrou a parceria contou com a participação de André França, secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente; Hayane de Fátima Santos Araújo, superintendente de Gestão de Resíduos da Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais; Helen Brito, gerente de Relações Institucionais da ABREE; Gilmar Alves de Amorim, presidente da COOPRESL; e dos secretários municipais de Obras e Serviços Públicos, David Col Debella; e de Meio Ambiente, Karla Lima.

O prefeito Eduardo Braide recebeu de André França e Helen Brito, o Selo ABREE, que atesta ao Município de São Luís o cumprimento da implementação da Logística Reversa de Eletroeletrônicos.

Central de Logística Reversa de Eletroeletrônicos de São Luís

O objetivo da implantação da central é garantir à população de São Luís um espaço adequado para o descarte de itens eletroeletrônicos em geral, desde produtos, como fones de ouvido, a grandes itens, como geladeiras, entre outros.

“A partir de agora o cidadão de São Luís, além de ter pontos adequados para o descarte de produtos eletroeletrônicos após o fim de sua vida útil, tem a garantia de que os itens descartados serão levados para a reciclagem. Por meio desta iniciativa, preservamos o meio ambiente e os recursos naturais, aumentamos a vida útil dos aterros sanitários e geramos emprego e renda para os catadores de materiais recicláveis. E todos estes benefícios também chegam a São Luís que está oficialmente incluída na Política Nacional de Logística Reversa”, afirmou o secretário de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França.

O descarte irregular de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos pode causar diversos danos ao meio ambiente, já que estes itens costumam ter em sua composição metais pesados e outros componentes poluentes.

A logística reversa dos eletroeletrônicos e eletrodomésticos faz parte da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal nº 12.302/2010) e foi regulamentada pelo Decreto Federal nº 10.240/20, que implementou o sistema de logística reversa de produtos eletroeletrônicos e seus componentes de uso doméstico.

“A parceria firmada em São Luís com o apoio do Ministério do Meio Ambiente é fundamental para o crescimento da logística reversa no país como um todo, iniciando uma nova etapa, visando conscientizar a população a levar o produto pós-consumo até um ponto de recebimento. Depois do recebimento, a ABREE e seus parceiros irão assegurar a destinação final ambientalmente correta com segurança para todos os envolvidos, uma vez que todos já passaram por treinamentos para exercer a atividade. Essas ações contribuem para preservação e a proteção do meio ambiente, diminuindo o uso de recursos naturais, e aumentando a vinda de matérias-primas da reciclagem”, explicou Helen Brito, Gerente de Relações Institucionais da ABREE.

Funcionamento

Em São Luís, os resíduos eletroeletrônicos continuarão sendo entregues pela população em um dos 25 ecopontos distribuídos pela cidade. Após isso, serão destinados a Central de Logística Reversa de Eletrônicos, onde a COOPRESL ficará responsável pelo armazenamento temporário dos materiais, que serão recolhidos pela ABREE, que é a responsável pelo transporte para a manufatura reversa, assumindo todos os custos dessa operação.

Os grandes geradores poderão destinar seus resíduos eletrônicos diretamente para a COOPRESL, com quantidade a negociar com a cooperativa. Os Ecopontos de São Luís funcionam de segunda-feira a sábado, das 7h às 19h. Já a COOPRESL funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h30.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens