Fechar
Buscar no Site

Planalto pressiona e fusão do DEM com PSL pode não sair

O Palácio do Planalto entrou em campo para abortar o bem adiantado processo de fuisão entre o DEM e o PSL.

Há pelo menos dois meses os dois partidos avançam em discussões para unirem forças. Juntos teriam, por exemplo, a maior bancada na Câmara, com 81 deputados. Contariam com sete senadores. E um fundo partidário de R$ 478 milhões, bem acima dos R$ 300 milhões do PT (valores de 2020).

Jair Bolsonaro escalou Ciro Nogueira para a tarefa. O chefe da Casa Civil tem tido conversas reservadas com Luciano Bivar e Antonio Rueda, respectivamente presidente e vice-presidente do PSL.

Sem alarde, Ciro tem trabalhado com armas tradicionais do Centrão para que Bivar e Rueda reconsiderem uma decisão praticamente tomada. O Globo

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens